Empreendedor mostra caminhos do sucesso na produção de leite para alunos de escola municipal

O administrador de uma grande fazenda na região contou a história da empresa que atingiu a produção de mais de 13330 litros de leite por dia e respondeu às perguntas dos estudantes.

publicado em 09/08/2019, por Farley Rocha


João Paulo, mostrou como tudo começou e como conquistaram a valorização.

Os alunos da Escola Municipal José Paulo de Amorim no Distrito de Pindaíbas em Patos de Minas puderam conhecer os passos para o sucesso na produção de leite nesta sexta-feira (09). O administrador de uma grande fazenda na região contou a história da empresa que atingiu a produção de mais de 13330 litros de leite por dia e respondeu às perguntas dos estudantes.

O veterinário e gestor da Fazenda Lageado, João Paulo T. Santana, mostrou como tudo começou e como conquistaram a valorização. “O segredo é ser dedicado às pessoas. Os colaboradores estão sempre fazendo cursos. Precisamos de pessoas capacitadas e continuamos juntos a eles para apoiá-los”, disse.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

Ele informou que atualmente conta com 410 vacas em lactação e todas são produto de inseminação artificial. “Os sêmens vêm dos Estados Unidos ou Canadá”, disse. Elas produzem cerca de 13300 litros diários, o que equivale a 32,4 litros de leite por vaca/dia, uma média muito superior à média nacional. “O gado é 100% confinado e estocamos alimento para 20 meses. Não sabemos o que pode acontecer”, informou.

Todo o leite produzido é levado para uma empresa em Uberlândia e de lá é transformado em leite em pó para exportação. “Nós investimos em qualidade”, disse. Com relação a investimento, ele salientou que atualmente a rede bancária oferece juros mais baixos para quem tem capacidade de quitar os débitos, mas também a quem prioriza a oferta de empregos de qualidade. O financiamento faz parte da administração da empresa.

O empreendedor salientou o futuro da produção agrícola que contará cada vez mais com máquinas e equipamentos controlados por computador. E frisou que a tecnologia não vai substituir o homem, mas é preciso se investir em qualificação e levar a sério os estudos. Após mostrar a história da empresa, os alunos puderam fazer várias perguntas.

A palestra faz parte do ciclo de estudos que a escola vem desenvolvendo para criar a cultura do empreendedorismo. A concentração singular demonstrada pelos alunos mostrou o quanto o assunto foi produtivo. A diretora da Escola Municipal José Paulo de Amorim, Sônia Aparecida Soares, e a supervisora, Celma Lopes, juntamente com os professores ressaltaram a importância de levar conteúdos novos para os estudantes entenderem a importância de empreender no meio rural.

Sônia ainda destacou a importância da palestra na escola para abrir horizontes aos alunos, visto que quase todas as oportunidades são dadas através da instituição e o corpo docente não mede esforços para que isso aconteça. “O empreendedorismo tem sido muito importante para a abrir a visão dos estudantes, mostrando que eles podem ser autônomos e donos do próprio negócio e que a escola está dando esta oportunidade para eles”, concluiu.  

Imagens atualizado em 09/08/2019 • 26 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 09/08/2019
Compartilhe:

4 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Forasteiro | 2 semanas atrás

    Boa noite tirar leite mercadoria que os outros que colocar preço ...Sair fora ...Daqui uns dias vai te poucos fazendeiro tirando leite as vez o preço melhorar ...um litro de pinga mais caro que um litro de leite da não ...

    1 3 Responder

  • Ilusão | 2 semanas, 1 dia atrás

    Tirar leite só se for grande produtor. Médio e pequeno é fria. Dá só prejuízo.

    1 1 Responder

  • Pirilampo | 2 semanas, 1 dia atrás

    Quem devia ter essa iniciativa é a Coopatos junto com a Cemil, nunca vi duas empresas tão grandes, viverem da exploração desse produto que é o leite e não fomentarem treinamento técnico pra formação de profissionais dessa área aqui na nossa região que deve ser a primeira ou segunda em produção leiteira do Brasil, talvez no mundo inteiro. Uma lição pra essas "gigantes" da exploração leiteira.

    10 2 Responder

    Forasteiro - 2 semanas atrás

    Produtores só fica com o serviço ...E mais nada ...Se todos produtores fosse unido melhorava muito o processo...

    3 1