Publicado em 09/07/2018 por Farley Rocha
Compartilhe:

Em ato revoltante, indivíduos quebram retrovisor de carro com tapa e saem tranquilamente

As imagens mostram os indivíduos praticando o dano.

A vítima terá que arcar com o dano. 

Reportagem atualizada às 14h34 desta terça-feira (10)

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

O que leva uma pessoa a danificar de propósito um veículo que estava regularmente estacionado em via pública? É esse questionamento que se faz ao observarmos as imagens registradas por uma câmera de segurança. A dupla caminhava pela rua e ao passar ao lado do veículo simplesmente danifica o retrovisor e sai como se nada tivesse acontecido.

O ato aconteceu por volta das 11h20 desse domingo (08) no Bairro Cristo Redentor em Patos de Minas. A ação repugnante deixou a professora Tânia Santos, proprietária do veículo, indignada, o que não é para menos. Ela contou que não conhece as pessoas, não havendo qualquer motivo para que fizessem isso.

É possível ver que um dos indivíduos da imagem desfere uma tapa no retrovisor, jogando a peça ao solo. Na sequência, ele chuta o que sobrou da peça e os dois saem covardemente. “Tentei achar quem teria sido os autores do dano, mas não consegui nada. Vou até a delegacia fazer a ocorrência policial”, disse Tânia nesta segunda-feira (09).

Mostrando toda sua indignação, a professora publicou o fato nas redes sociais para tentar localizar os infratores. “Não posso transitar sem retrovisor. Vou ter que ir até a oficina para reparar o dano”, falou. Se encontrados, eles devem responder pelo crime de dano com pena de detenção de 1 a seis meses ou multa.

Após a reportagem e a grande repercussão, os dois inidvíduos procuraram a proprietária do veículo e pediram mil desculpas. Segundo a professora, eles disseram que foi um momento de bobeira. O que deu a tapa no retrovisor e quebrou a peça é adolescente. Tânia Santos aproveitou para adverti-los e pediu para que não fizessem mais. Ela aceitou as desculpas. 

Autor: Farley Rocha Postado em 09/07/2018
Compartilhe:

33 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • pp | 4 meses atrás

    autentico geração ptralha, vagabundo tem de identificar esse canalha

    8 5 Responder

  • pasquale cipro | 4 meses atrás

    Desculpe-me se sou chato, mas como uma professora não sabe escrever a palavra "essencial"????

    4 11 Responder

    Tania professora - 4 meses atrás

    Obrigada Pasquale pelo alerta. Sei sim escrever essencial. Não foi um erro ortográfico e sim um erro de digitação. Mas como disse abteriormente: errar é humano.

    1 1

  • Edg | 4 meses atrás

    Esperar o que de uma geracao que nao trabalha e que nao consegue nada? Invejosos da minoria que trabalha consegue as coisas!Ai vao jogar a culpa da propria decepcao nos outros

    9 2 Responder

  • ciclone e roupa de vagabundo | 4 meses atrás

    fabrica de bandidos essa ciclone !!!

    9 5 Responder

  • ciclone e roupa de vagabundo | 4 meses atrás

    tinha que ser mesmo os aba reta !!!

    9 2 Responder

  • ciclone e roupa de vagabundo | 4 meses atrás

    vamos ajudar pegar ele pessoal ele trajava camiseta da ciclone; bermuda da ciclone;bone da ciclone ;chinelo da kenner !!!

    7 2 Responder

  • ciclone e roupa de vagabundo | 4 meses atrás

    podia ser o carro do pai dele !!!

    9 3 Responder

  • ciclone e roupa de vagabundo | 4 meses atrás

    deve ser da turma da ciclone esses vagabundos !!!

    6 3 Responder

  • Manoel | 4 meses atrás

    Kkkk as minina ficarão com medaa !! mesmo assim tem que levar um corretivo para nunca mais colocar a mão em coisa dos outros porrete nos safados .

    6 0 Responder

  • Tania. Dona do carro. | 4 meses atrás

    Gente os rapazes do vídeo me procuraram. Querem pagar as despesas. Pediram desculpas e explicaram que foi um momento de bobeira. Um ato impensado. Errar é humano. Reconhecer o erro é um ato de coragem. Poucos teriam essa atitude. Espero que tenha servido de lição e não aconteça mais. Estão desculpados e deixo aqui meu agradecimento ao Patos hoje que foi excenssial na minha busca. Valeu.

    29 0 Responder

    Parabéns prós menino - 4 meses atrás

    Tá vendo...desce o pau agora cambada...parabéns aos menino e a professora....professora mesmo..ensinando na escola da vida....PERDAO

    17 1

    Gandhi - 4 meses atrás

    Se não tivesse viralizado, não teria desculpas! A pressão social foi grande e tiveram que tomar uma atitude. Se as imagens deles não tivessem sido captadas, não apareceriam nunca.

    12 0

    Desordem e Regresso - 4 meses atrás

    Arrependeram graças a tecnologia, se não fosse as câmeras e redes sociais duvido que esse arrependimento aconteceria.

    4 0

carregar mais comentários