349669 2216 Ok
Publicado em 13/02/2017
Compartilhe:

Economistas passam a ver inflação abaixo do centro da meta em 2017, a 4,47%

Economistas de instituições passaram a ver a inflação abaixo do centro da meta este ano com expectativa mais baixa para o dólar, segundo pesquisa Focus apurada pelo Banco Central.

Economistas de instituições passaram a ver a inflação abaixo do centro da meta este ano com expectativa mais baixa para o dólar, segundo pesquisa Focus apurada pelo Banco Central.

As contas no levantamento divulgado nesta segunda-feira apontam agora alta do IPCA de 4,47 por cento em 2017, 0,17 ponto percentual a menos do que na semana anterior, na sexta redução seguida.

Para 2018, a projeção permaneceu em 4,5 por cento. A meta de inflação de 2017 e 2018 é de 4,5 por cento, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual.

O ano começou com a inflação no menor nível para janeiro no período de estabilização da economia com a criação do Plano Real e em 12 meses recuou com força abaixo de 6 por cento, o que pavimenta o caminho para o BC cortar em breve ainda mais os juros.

O IPCA subiu 0,38 por cento em janeiro, acumulando em 12 meses alta de 5,35 por cento.

O Focus mostrou ainda que a projeção para o dólar este ano caiu a 3,36 reais sobre 3,40 reais antes. Para o ano que vem, também houve ajuste para baixo, a 3,49 reais sobre 3,50 reais.

A pesquisa continua apontando expectativa de corte de 0,75 ponto percentual neste mês na taxa básica de juros, atualmente em 13 por cento.

Foram mantidas também as estimativa de que a Selic terminará este ano a 9,5 por cento e 2018 a 9,0 por cento.

Para o grupo que reúne as instituições que mais acertam as projeções, chamado de Top-5, a Selic fica em 9,5 por cento em 2017, mas para 2018 a perspectiva caiu a 9,38 por cento na mediana das projeções, de 9,50 por cento.

Fonte: Agência Reuters

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Postado em 13/02/2017
Compartilhe:

1 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Francisco dos Anjos | 7 meses, 1 semana atrás

    O nome disso é recessão (falta de consumo), devido ao desemprego e queda da renda das famílias. Com o aumento do desemprego e as perspectivas ruins que aí estão, em breve teremos deflação.

    0 0 Responder