Publicado em 12/03/2018
Compartilhe:

Economistas passam a ver corte de 0,25 p.p. na Selic na próxima semana, a 6,5%, mostra Focus

Para o fim do ano, a projeção é de que a taxa termine a 6,5 por cento.

Economistas de instituições financeiras passaram a ver novo corte de 0,25 ponto percentual na taxa básica de juros na reunião do Banco Central na próxima semana, diante da persistente fraqueza da inflação, de acordo com a pesquisa Focus do BC divulgada nesta segunda-feira.

A expectativa agora é de que a Selic seja reduzida dos atuais 6,75 por cento para a nova mínima histórica de 6,5 por cento no encontro dos dias 20 e 21 de março do Comitê de Política Monetária (Copom) do BC.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Medic Imagem

Para o fim do ano, a projeção é de que a taxa termine a 6,5 por cento, de 6,75 por cento anteriormente, permanecendo a expectativa de que ficará em 8 por cento ao final de 2019.

A inflação baixa ratifica essa expectativa, depois que o IPCA atingiu o menor nível em 18 anos para fevereiro a 0,32 por cento. Nos 12 meses até fevereiro, o IPCA acumulou avanço de 2,84 por cento, menor leitura para o período desde 1999.

As apostas de novo corte este mês já haviam aumentado no mercado de juros futuros mesmo depois de o BC ter indicado que considerava deixar os juros estáveis, uma vez que as pressões inflacionárias estão contidas. O próprio presidente da entidade monetária, Ilan Goldfajn, reconheceu que a inflação lenta vem surpreendendo até o BC.

Para o Top-5, grupo dos que mais acertam as previsões, a Selic também deve ser reduzida em 0,25 ponto na próxima semana, mantendo a visão anterior. O grupo também preservou a projeção de 6,75 por cento ao fim de 2018, mas para 2019 aumentou a conta a 9 por cento, de 8 por cento antes.

No Focus, a expectativa para a inflação neste ano foi reduzida pela sexta semana seguida, a 3,67 por cento, 0,03 ponto percentual a menos do que na semana anterior. Para o ano que vem a conta caiu a 4,20 por cento, de 4,24 por cento.

Os especialistas consultados passaram a ver ainda crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano de 2,87 por cento, ante 2,90 por cento antes. Em 2019, a expansão aceleraria a 3 por cento, sem alteração.

Fonte: Agência Reuters

Postado em 12/03/2018
Compartilhe:

0 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.