Dolinas engolem parte de avenida em Vazante e deixam moradores amedrontados

Os buracos gigantes engoliram parte de uma avenida.

publicado em 10/11/2018, por Farley Rocha

As dolinas engoliram parte da avenida.

O surgimento de dolinas em Vazante/MG é algo que vem preocupando os moradores já há algum tempo. O Patos Hoje noticiou este tipo de ocorrência tanto no Rio Santa Catarina quanto em uma fazenda. Nesta sexta-feira (09) e sábado (10), novas dolinas acabaram surgindo, só que agora dentro da cidade. Os buracos gigantes engoliram parte de uma avenida.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Medic Imagem

O problema ocorreu na Avenida Geraldo Campos, Bairro Vazante Sul. As crateras comprometeram a pavimentação e ameaça a casa dos moradores vizinhos. Primeiro, o buraco começou na lateral da pista, onde não há moradores. Ela foi crescendo e já atingiu até o canteiro central, comprometendo toda a pista.

Neste sábado, surgiu outra dolina próxima à primeira, o que gerou ainda mais preocupação a todos. Famílias que residem mais perto da área atingida já estão deixando os imóveis com medo que haja mais desabamentos. Vem chovendo nos últimos dias no município, o que pode ter contribuído com abertura das dolinas.

As dolinas também danificaram uma adutora de água da Copasa no local, o que pode provocar desabastecimento de água. O local foi todo interditado. A Companhia orienta os moradores a economizarem no consumo, porque pode faltar água nos próximos dias. A Copasa informou que, juntamente com a prefeitura local, realizou os serviços necessários na avenida Geraldo Campos, em Vazante, na tarde deste sábado (10). A previsão é que o abastecimento de água seja normalizado, de forma gradativa, no decorrer da madrugada de domingo (11). Quanto ao recapeamento da via, a Copasa esclarece que o serviço não é de responsabilidade da Companhia.

Imagens atualizado em 10/11/2018 • 10 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 10/11/2018
Compartilhe:

10 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Morador | 5 meses atrás

    Eles sabem de onde vem este problema e não dão a solução. Dizem se tratar de fenômeno da natureza, mas nada mais é que uma mineradora em baixo da cidade. Todos os anos ocorre a mesma coisa, todos os dias os moradores escutam e sentem bombas sendo explodidas em baixo da cidade e ninguém faz nada. Eu tenho vergonha dos políticos da cidade que tem a capacidade de dizer que isso é um fenômeno da natureza apenas para proteger um empresa. É hora de todos nós vazantinos nos unirmos e cobrarmos providências das autoridades, pois isso acontece à mais de 10 anos e sempre ignoram o problema.

    2 0 Responder

  • Diogo | 5 meses, 1 semana atrás

    Se der um terremoto era uma vez...

    2 4 Responder

    Calado - 5 meses, 1 semana atrás

    Perdeu a oportunidade de ficar calado ???????

    1 6

  • Clênio | 5 meses, 1 semana atrás

    Tô desconfiado que esta cidade vai acabar em buraco.

    4 1 Responder

  • sergio | 5 meses, 1 semana atrás

    A dolina que me preocupa,é a que tem na cabeça dos governantes,o que gastam em reformas inúteis,ponte pra lugar nenhum,foguetes em estádios ou na inauguração de um banco na praça,um festival de musica,cheques pra preguiçosos no carnaval,com um pequeno percentual desse dinheiro,poderia fazer um projeto canalização das águas da chuva,até o córrego Pamplona,complementando o projeto com o nivelamento do terreno ,com rejeito da mineradora,mais isso rendera poucos votos e o problema ainda não prejudicou os cegos e mudos do poder publico,só agora,que as dolinas quase levaram embora a rede principal de água,é que parece que preocupou,afinal de contas administradores tbem precisam de água,e as dolinas vão arrebentar e com a cidade toda dessa vez,a não ser que as autoridades tirem a bunda da cadeira de magnata e faça alguma coisa!

    9 0 Responder

  • José | 5 meses, 1 semana atrás

    Sou Lagamarense e vou a Vazante todos os dias, preocupo-me com meus colegas Vazantinos por esta questão.

    6 0 Responder

  • Eita 5 meses, 1 semana atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

    sergio - 5 meses, 1 semana atrás

    Buscar agua aqui pra não beber poeira vcs acham baum,emprego tbem,no buraco,cada um com seus problemas!

    3 4

  • Kkkkk 5 meses, 1 semana atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

  • Alair Fonseca | 5 meses, 1 semana atrás

    Um fenômeno de difícil solução e paradoxal , o calcário é uma riqueza que desvaloriza os imóveis. Essa do rio tem que ser resolvida a todo o custo.

    16 1 Responder