349669 2216 Ok
Publicado em 07/02/2017
Compartilhe:

Diretoria faz estudos para instalar Arquivo Público Municipal de Patos de Minas no Antigo Cadeião

Servidores da Diretoria de Memória e Patrimônio Cultural visitam o arquivo Público Municipal de Paracatu.

O historiador, Geenes Alves e o professor de história do Município, Sebastião Cordeiro de Queiroz, realizaramuma visita técnica ao Arquivo Público Municipal de Paracatu.

O “Antigo Cadeião” poderá voltar a ter utilidade em Patos de Minas. O prédio centenário, sem uso desde que a Delegacia de Furtos, Roubos e Entorpecentes deixou o local, poderá abrigar o Arquivo Público Municipal de Patos de Minas. Estudos estão sendo realizados e os técnicos estão colhendo sugestões para promover a instalação.

Primeiro, o prédio público mais antigo do município terá que passar por uma grande restauração, já que a Polícia Civil resolveu deixar o imóvel justamente pela falta de condições oferecidas pela construção. Quando chovia, por exemplo, as goteiras molhavam todo o interior. O piso também estava bastante precário e o telhado ameaçava desabar. 

O diretor da Diretoria de Memória e Patrimônio Cultural (DIMEP), o historiador, Geenes Alves e o professor de história do Município, Sebastião Cordeiro de Queiroz, realizaram, no início de fevereiro, uma visita técnica ao Arquivo Público Municipal de Paracatu. O objetivo da visita foi conhecer o modelo de organização do órgão e a metodologia de guarda e conservação de acervos, adotada pela instituição.

De acordo com a técnica, Cristiane Andrade, os documentos mantidos pela instituição são de origem diversa, que reportam às primeiras décadas do século XVIII. O documento existente mais antigo que referencia a cidade é de 1726.

O Arquivo de Paracatu conta com um profissional arquivista e dois técnicos. Iniciou suas atividades há 8 anos e já tem praticamente todo seu acervo digitalizado e acessível a pesquisadores e à comunidade em geral.

As experiências trazidas pelos técnicos, somadas às formações específicas que serão feitas a partir de agora, contribuirão sobremaneira para o processo de constituição do Arquivo Público Municipal de Patos de Minas, a ser implementado, num futuro próximo, no prédio da centenária Casa de Câmara e Cadeia, localizada no início da Rua Tiradentes e conhecida como “antigo Cadeião”.

Autor: Farley Rocha com Ascom Prefeitura Municipal de Patos de Minas

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Postado em 07/02/2017
Compartilhe:

5 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • pitagoras | 10 meses, 1 semana atrás

    seria ótimo se isto acontecer .lugar onde tem arquivo publico é historia pura . tem de tudo que conta o passado da cidade . jornais plantas de imoveis antigos e tanta coisa que é praticamente a certidão da cidade

    1 0 Responder

  • Pedrinho | 10 meses, 1 semana atrás

    Ja ouviram em falar em informatica, scanner, digitalizaçao? Palhaçada! Digitaliza tudo isso e taca fogo nessa tralha. Vai ficar gastando dinheiro publico p manter isso pra que? Por acaso ta sobrando dinheiro?

    3 6 Responder

    maria Beatriz portugal - 10 meses, 1 semana atrás

    o seu imbecil arquivo publico guarda e preserva a historia de uma cidade . tu esta confundindo coco de grilo com crocodilo e, dando muita manota .

    1 0

    jj - 10 meses, 1 semana atrás

    seu paçoca sem cultura .

    0 1

  • Zé Pikeno | 10 meses, 1 semana atrás

    A ideia é boa. O prédio está inativo. Mas aí vem a pergunta: quem irá a reformar? A Prefeitura? Ela está chamando mendigo de vossa excelencia. Ou o Iphan? (é assim que se escreve?). O IPHAN faz esse tipo de coisa? Uma coisa é certa: a primeira coisa a se fazer é um culto ecumênico pra descarregar aquele ambiente que, com certeza, tá muito pesado. Afinal, ali foi uma cadeia, dai dá pra imaginar. :church: :confused:

    0 0 Responder

  • Datena | 10 meses, 1 semana atrás

    E quem vai bancar a reforma daquele prédio? Me ajuda ai!

    3 2 Responder

  • nananinha | 10 meses, 1 semana atrás

    "Primeiro, o prédio público mais antigo do município terá que passar por uma grande restauração, já que a Polícia Civil resolveu deixar o imóvel justamente pela falta de condições oferecidas pela construção. Quando chovia, por exemplo, as goteiras molhavam todo o interior. O piso também estava bastante precário e o telhado ameaçava desabar". kkkkkkk e porque a insistência nessa mudança???? Vao colocar em risco toda a história de Patos de Minas.... imaginem o dinheiro que gastarão nessa restauração!!!!!

    2 2 Responder

  • Professor | 10 meses, 1 semana atrás

    Uma boa ideia. Quem sabe isso não alavanque os estudos históricos patenses e possibilitem novas pesquisas, porque o atual arquivo se parece mais com "um cadeião", só que os :+1: que se encontram amontoados não são os presos, são os documentos. Como pesquisar assim? :mag_right: :+1:

    5 2 Responder