349669 2216 Ok
CNA - Halowen
Publicado em 09/01/2017
Compartilhe:

Dezenas de pessoas fazem fila no 1º dia de vendas dos Passaportes para Fenamilho 2017

Começam hoje as vendas do primeiro lote de passaportes da Fenamilho 2017.

A venda dos Passaportes da Fenamilho 2017 começou. Na manhã desta segunda-feira (09), primeiro dia de vendas, dezenas de pessoas foram para as bilheterias do Parque de Exposições adquirirem os passaportes. Serão 10 mil passaportes vendidos a R$150,00 cada. No ano passado, foram 5 mil unidades a R$120,00.

Imagens atualizado em 09/01/2017 • 15 fotos

De acordo com a Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Produtores Rurais, críticas construtivas foram analisadas e medidas foram tomadas para a 59ª edição da festa para evitar as reclamações de 2016. A primeira mudança foi feita na venda de passaportes: este ano serão distribuídas senhas no ponto de vendas, visando diminuir a permanência em filas nos dias de maior movimento. 

As senhas serão entregues no local da venda e terão uma quantidade limitada por dia. O Sindicato também alterou a quantidade de passaportes do primeiro lote, que contará com 10.000 unidades, diferente do ano passado, que contou com 5.000. Para estes primeiros passaportes, as pessoas compram sem saber quais os artistas virão para a festa, “Compra no escuro”. Cada pessoa pode comprar até 10 unidades, bastando apresentar o número da identidade.  

As vendas começaram às 9h00 na bilheteria do Parque de Exposições Sebastião Alves do Nascimento. O pagamento, no primeiro lote, poderá ser feito em dinheiro ou cartão de débito ou crédito em 1x. Também estão sendo vendidos os bilhetes para o Lançamento da Fenamilho 2017 que acontecerá no dia 11 de fevereiro com show de César Menotti e Fabiano. A renda será destinada à Pró-curar-se, entidade que cuida de pacientes com câncer em Patos de Minas, e lojas maçônicas.

Autor: Farley Rocha

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Postado em 09/01/2017
Compartilhe:

10 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Observador | 9 meses, 1 semana atrás

    O dinheiro é de quem mesmo???? Pois é, então vão cuidar das suas vidas, se não quer gastar não gaste e deixe quem quer gastar o próprio em paz.

    1 3 Responder

  • Paulo | 9 meses, 1 semana atrás

    Essa noticia favorece a divulgação de forma sutil desse evento, puro marketing digital. :money_with_wings:

    1 0 Responder

  • Desemprego | 9 meses, 1 semana atrás

    Pelo tamanho da fila nota-se o quanto o desemprego esta alto..........o tanto de nego a toa....alimentando o Sindicato Rural...........ainda que temos essas pessoas para pagar o salário dos funcionários do sindicato....

    3 0 Responder

  • os quebrados | 9 meses, 1 semana atrás

    os quebrados da sociedade patense, antes ricos e abstados, hoje choram as perdas e massacram os novos bon-vivãs de ciume e inveja. esbanjaram sem medidas no passado e agora vivem de aparencia. vai mundo gira mais uma vez por favor.

    1 0 Responder

  • BABACAS GASTADORES | 9 meses, 1 semana atrás

    estes babacas gastadores do dinheiro dos pais, massa controlada e manobrada pela midia do zap....trouxas de plantão que vão de novo fazer o que fizeram por todos os anos anteriores...

    8 6 Responder

    Sabe mais - 9 meses, 1 semana atrás

    Fico impressionado , é que essas pessoas ai, são os mais pobres da nossa cidade, e para gastar dinheiro com essa festa todos os anos eles tem.............

    2 1

    nathy - 9 meses, 1 semana atrás

    Sabe mais.. realmente vc tem razão.. nos que trabalhamos duro.. nem tempo primeiro pra ir temos.. pelo horário de funcionamento.. e quem dirá 150 pilas para pagar a vista o passaporte. em patos pelo visto .. pra classe mais carente nao existe crise.. pra festa tem sempre sobrando.

    2 0

  • pano de chão | 9 meses, 1 semana atrás

    muita gentileza por partes dos patroes dessas pessoas que tive a gentileza de liberarem esse povo todo logo numa segunda feira pra comprar passaporte!

    10 3 Responder

  • Silvão | 9 meses, 1 semana atrás

    Olha esse tanto de gente aí... não tinham que estar trabalhando?!

    10 1 Responder

    Pedro - 9 meses, 1 semana atrás

    Bom meu amigo, cada um sabe de si e cada qual tem seu horário de trabalho, a relação entre funcionário e patrão a principio é algo que diz respeito aos dois e mais ninguém, ou seja você não tem nada a ver com isso. Quanto a festa: Esse ano não me pega não, guardar a grana e viajar depois é muito mais compensatório.

    0 0

    Trabalhar? - 9 meses, 1 semana atrás

    Trabalhar pra que, se quando a ¨¨¨coisa ¨¨¨¨ aperta eles recorrem ao sites, pedindo ajudas.............e nós ajudamos.....o problema é esse....

    1 0

  • o bao | 9 meses, 1 semana atrás

    depois da festa começa a cortação de agua e luz ,todos que esta ai, ganha bolça familia e cesta básica ,o pior e saber que os ricos mesmo não paga nada ,pois ganha o passaporte de cortesia ,e esses passaporte eles podem entrar e sair quantas vezes quiser , e não paga nada de bebida e comida pois a agrofena banca tudo ,agora o coitado do pobre fica a noite inteira passando fome, pois so teve dinheiro para comprar passaporte ,so na saída que eles mata a fome pois come um cachorro quente kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    11 1 Responder

  • TADEU | 9 meses, 1 semana atrás

    É a crise...O cartão é nominal?? Não??? Esse povo tá aí pra comprar e vender depois ganhando uns trocados.

    3 4 Responder

    kreka - 9 meses, 1 semana atrás

    O CABEÇAO, PRA COMPRAR O PASSAPORTE TEM QUE LEVAR O NUMERO DO RG .... LEIA PRIMEIRO ANTES DE COMENTAR...

    1 0

  • Acordem! | 9 meses, 1 semana atrás

    Nem bem começou o ano já estão pensando em festa do milho, primeiro mês do ano já começam a gastar o que não podem e vão fazendo dividas nesses 4 meses e pouco pra chegar o dia dessa festa e terem roupas e grana pra gastar dentro desse parque, passa a tal da festa e ficam os talões de energia vencido, carnes de lojas, prestação da minha casa minha divida e afins, será que vale a pena isso? se pra comemorar o aniversario de uma cidade teria que ser uma festa para o povo na rua, sem ter que pagar pra entrar, acordem estão dando apenas o seu suor em forma de dinheiro para um sindicato que não faz a festa para os pobres, querem apenas o dinheiro dos pobres para custear uma festa que feita para as famílias, amigos e visitantes dos que fazem parte do sindicato rural!

    8 0 Responder

carregar mais comentários