349669 2216 Ok
Publicado em 09/12/2016
Compartilhe:

Defesa Civil interdita prédio atingido por ônibus e notifica ocupantes para deixarem imóvel

Os técnicos avaliaram que há riscos de desabamento.

Cavaletes foram colocados em frente ao imóvel para isolar a área.

A Coordenadoria da Defesa Civil em Patos de Minas fez uma nova avaliação do prédio atingido por um ônibus após um acidente com carro e decidiu interditar o imóvel. Os ocupantes deverão deixar o local nas próximas horas. Cavaletes foram colocados em frente ao imóvel para isolar a área. Os técnicos avaliaram que há riscos de desabamento.

De acordo com o Tenente Fernandes do Corpo de Bombeiros, Coordenador da Defesa Civil em Patos de Minas, a interdição persistirá até que sejam reparados o pilar que foi destruído, paredes que foram abaladas e a marquise. Após a conclusão, o engenheiro que vai acompanhar a obra emitirá um laudo para que nova visita seja feita no local.

O oficial informou que os ocupantes do imóvel, sendo de uma loja de embalagens, de um escritório e os moradores dos apartamentos, já foram notificados para saírem do edifício. A loja de embalagens deve começar a desocupar o espaço neste sábado (10). A loja de colchões, que foi a mais atingida, já se mudou do local.

Cavaletes foram colocados no passeio para impedir que pedestres acessem o edifício ou passem debaixo da marquise que foi atingida pelo ônibus e oferece riscos de desabamento. Um laudo técnico foi emitido avaliando a necessidade da reparação e de uma análise mais detalhada dos danos.

Imagens atualizado em 09/12/2016 • 13 fotos

Entenda o acidente

No dia 30 de novembro, por volta das 23h40, um ônibus com universitários do UNIPAM que seguia para Três Marias acabou colidindo com outro veículo no cruzamento da Rua Tiradentes com a Rua Olegário Maciel. Após o impacto, o veículo se chocou contra o edifício. Pedro Francisco de Sousa Dias, 14 anos, foi socorrido até o Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. O local foi isolado e, só na tarde do outro dia, o ônibus foi removido. Leia mais!

Autor: Farley Rocha

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Postado em 09/12/2016
Compartilhe:

10 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Dirroba | 11 meses, 1 semana atrás

    Dirroba tudo e constrói um mega prédio no lote. Ou então vende o lote, vale milhões. :v: :v:

    1 1 Responder

  • risadinha | 11 meses, 1 semana atrás

    vai ate eu morrer e esse predio nao desaba se tivesse de cair ja tinha caido a marquise q e aerea nao caiu

    3 2 Responder

    Paulo - 11 meses, 1 semana atrás

    Podemos notar que você não entende nada sobre estruturas prediais e muito menos sobre patologias de edificedificações. Fizeram bem e prezarbpelas vidas de quem mora e trabalha no local

    5 0

  • pedro | 11 meses, 1 semana atrás

    Que bom que fizeram isto, pois, se for ficar esperar o resultado de pericia, depois vê quem foi o culpado, depois entrar na justiça , para arrumar aquilo la. Quando isto ia ficar pronto. Parabéns pela atitudes de deles, A vida o bem mais valioso que temos, vamos valorizar a vida. :clap:

    5 1 Responder

  • UZÉ | 11 meses, 2 semanas atrás

    O dono do buzão vai pagar o Preju?????

    22 6 Responder

    ÉZU - 11 meses, 1 semana atrás

    Você é um falastrão, não exponha.

    2 9

    EXÚ - 11 meses, 1 semana atrás

    e o quico?

    2 5

  • hummm | 11 meses, 2 semanas atrás

    Eu se fosse morador desse prédio ou sindico, reuniria os moradores e fazia o PILAR por conta própria, o dono do ônibus ou o dono do carro(não sei quem é o culpado), creio que não terá dinheiro para construir outro prédio, caso venha desabar.....melhor os moradores tirar do bolso agora, do que se a situação piorar......

    26 12 Responder

    Luis - 11 meses, 1 semana atrás

    mas eu nao concordo. é um absurdo, as pessoas terem suas casas invadidas, como nesse acidente, e posteriormente terem que sair de seus lares e ainda pagar do proprio bolso um prejuizo que eles nao tiveram nada a ver. fica a questao: quem vai pagar?

    6 1

    LLLLLLL - 11 meses, 1 semana atrás

    e dificio mas a vida e assim paga se os encentis pelos pecadores com serteza o buzao quebrou o predio e o dono do buzao resta saber quem foi o motorista gagao

    0 0

    jose - 11 meses, 1 semana atrás

    luis, n é hora de chorar as minguas esperando o pior. se cair é como o sujeito disse, o dono do busão ou do carro, terão dinheiro pra construir outro predio, ou indenizar os moradores. e ai? vc vai entrar na justiça, vai ficar esperando 10 20 anos e nunca receberá.. e outra, pode muito bem arcarem com esse prejuizo agora, mas logico q depois tem todo o direito de correr atras dos responsaveis pra arcarem com as despesas, é tudo simples, basta parar o chororo e correr contra o tempo.

    0 0