Defesa Civil de Patos de Minas inicia campanha de doação de itens prioritários contra o Coronavírus

A campanha vai arrecadar itens prioritários para o combate ao coronavírus

publicado em 21/03/2020, por Farley Rocha


As doações podem ser levadas para a Sede do 12º Batalhão do Corpo de Bombeiros em Patos de Minas

Diante da Pandemia provocada pelo Coronavírus (COVID-19) e a necessidade de prevenção aos riscos à população, a Defesa Civil de Patos de Minas iniciou, nessa sexta-feira (20), uma campanha de doação de itens prioritários para serem disponibilizados aos setores da comunidade mais vulneráveis.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

A intenção é ajudar os lares de idosos, prestadores de serviços de urgência e emergência, serviços de saúde, hospitais públicos, dentre outros. A lista de itens inclui álcool etílico 70%, gel antisséptico, álcool em gel, luvas, máscaras, respiradores e diversos produtos de uso hospitalar e higiene.

De acordo com o Tenente João Fernandes Caixeta, Coordenador do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), há necessidade, por exemplo, de todos os tipos de máscaras faciais, esponjas de gaze de algodão, vestuários de proteção, óculos de segurança e termômetros clínicos.

Caso haja alguma empresa ou pessoas tenham o interesse de realizar a doação destes itens de ajuda humanitária, podem entrar em contato com o Coordenador da Defesa Civil de Patos de Minas, Tenente Fernandes pelo telefone (34) 9 9975 6552 ou na sede do 12º  Batalhão do Corpo de Bombeiros, situado na Avenida Professor Aristides Memória, 319, Jardim Paulistano.

O oficial destacou que, neste momento delicado, a ajuda e colaboração de todos é muito importante. “Juntos venceremos e construiremos uma cidade cada vez mais resiliente a desastres e voltada para todos”, destacou.

Autor: Farley Rocha Postado em 21/03/2020
Compartilhe:

18 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Absurdo | 2 semanas, 1 dia atrás

    A Minas mais está trabalhando normalmente colocando em risco vários pais e mães de família.

    7 5 Responder

    PATENSE COM ORGULHO - 2 semanas, 1 dia atrás

    Mas ninguém determinou as fábricas fechar . Até agora elas podem sim funcionará normalmente .

    9 1

  • Eu | 2 semanas, 1 dia atrás

    É p ficar em casa,,ou sair p distribuir itens??

    0 16 Responder

  • Eu | 2 semanas, 1 dia atrás

    É p ficar em casa,,ou sair p distribuir itens??

    0 19 Responder

    Eu - 2 semanas, 1 dia atrás

    ... como vc deve ficar em casa debaixo da cama

    0 5

  • Dúvida? | 2 semanas, 1 dia atrás

    Se um médico vem da Itália em plena pandemia, ignora o período de quarentena e vai trabalhar no hospital, ele perde o CRM? E se forem vários médicos?

    14 0 Responder

  • Dyego Galena | 2 semanas, 1 dia atrás

    Eita q aí em baixo do corpo de bombeiros tem a casa das prima q vou sempre q recebo hehehehe

    3 16 Responder

  • Doações de empresas? | 2 semanas, 1 dia atrás

    Se os comerciantes estãoaumentandoo valor dessasmercadorias, eles vão doar??? Piada né

    6 3 Responder

  • Riala Mafon | 2 semanas, 1 dia atrás

    Avenida Maraba tem buteco aberto na rotatória com um Monte de mesas cheias de pessoas bebendo

    8 0 Responder

    mineirinho - 2 semanas atrás

    deixa o povo ser feliz , quem ingere alcool esta imune ao virus. voces mandam passar alcooll em gel nas maos , mas nos preferimos ingerir. bjos.

    0 3

  • Patense | 2 semanas, 1 dia atrás

    A polícia foi fechar uma concessionária na JK. Que vergonha! Não respeitam os funcionários e nem a população.

    5 3 Responder

  • Fiscal | 2 semanas, 1 dia atrás

    Tem empresas que não estão cumprindo o decreto. Concessionárias de veículos, lojas de alinhamentos e oficinas. Cabe agora o ministro público criminal e do trabalho a pedir dados a polícia militar de estabelecimentos que tiveram que fechar por força maior. Nao cumpriram o decreto. Isso e crime de saúde pública. Esses caras acham que manda cidade e não tem lei.

    47 3 Responder

    Diogo - 2 semanas, 1 dia atrás

    O seu salário deve estar garantido e vc rico ne ?!... As empresas lutam para tentar sobreviver...ontem estava em uma delas conversando com o dono...o funcionário chegou todo alegre falando sobre o decreto...mas na hora que o dono falou que nao teria dinheiro pra pagar o salario caso isso realmente fosse verdade ou teria que parcelar salarios, o funcionario ja ficou todo nervoso... Com essas medidas haverá muito mais FALIDOS que FALECIDOS ....

    10 6

    Tá certo - 2 semanas, 1 dia atrás

    Tem gente que ainda trabalha sabia tipo Caminhoneiro então se um caminhão estraga ele vai na sua casa pra vc arruma ? Larga de ser inútil cuida da sua vida oficina alinhamento .... Precisa sim e eles tambm Trouxa

    8 1

    Servidor - 2 semanas, 1 dia atrás

    Quem quiser fazer a denuncia, utilize o 190 da Polícia Militar, ela que está auxiliando o serviço público nesta grande tarefa. Parabéns a Polícia Militar pelos vários serviços prestados a população.

    6 2

    Batista - 2 semanas, 1 dia atrás

    Quais estabelecimentos que não cumpriu o decreto vamos divulgar para que possamos boicotar futuramente

    6 3

  • Parabéns | 2 semanas, 1 dia atrás

    Muito bom, demonstra a solidariedade e humanidade do povo patense. Somos todos solidários.

    22 5 Responder

    Sem tipo - 2 semanas, 1 dia atrás

    Solidariedades? De um povo q tem medo mas não tem o devido respeito, pois ficaram doidos nós últimos dias, com medo de tudo faltar, fazendo filas gerando aglomerações e risco para todos...

    6 0

carregar mais comentários