Publicado em 07/08/2018 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Custo da Prefeitura com atestados médicos de servidores chega a R$ 2,4 milhões só em 2018

O balanço foi apresentado pela Secretaria Municipal de Administração, que vem realizando um trabalho de acompanhamento de todos os atestados médicos apresentados pelos servidores efetivos e contratados.

Prefeitura Municipal de Patos de Minas.

O número de servidores da Prefeitura de Patos de Minas que apresentaram atestados médicos e não trabalharam neste ano de 2018 impressiona. Foram mais de 2.000 atestados, a maioria por licença à saúde, apresentados de janeiro a agosto deste ano. O balanço foi apresentado pela Secretaria Municipal de Administração, que vem realizando um trabalho de acompanhamento de todos os atestados médicos apresentados pelos servidores efetivos e contratados.

Segundo o Secretário Municipal de Administração, José Martins Coelho, o trabalho de acompanhamento dos atestados tem objetivo de coibir irregularidades e também de verificar as causas dos atestados em relação à saúde ocupacional dos trabalhadores. “O acompanhamento tem sido diuturno para que possamos melhorar as condições de trabalho e as possíveis causas de tantos atestados, que impactam diretamente nas finanças e na qualidade dos serviços oferecidos pela Prefeitura”, esclareceu Martins.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

De janeiro a agosto de 2018, já foram contabilizados 2014 atestados, sendo 1.579 por licença de saúde e 435 para acompanhamento de tratamento médico. Desse total, 1325 (65,79%) foram tirados por funcionários efetivos e 689 (34,21%) por pessoal contratado. A secretaria municipal que lidera o ranking de número de atestados é a de Saúde (1120), seguida pela de Educação (574) e de Desenvolvimento Social (83). Os meses com maior número de atestados apresentados foram o dia abril (381), março (377) e fevereiro (293). Só na primeira semana do mês de agosto já foram protocolados no setor de Medicina do Trabalho, 22 atestados médicos.

Tantos atestados tem causado enormes prejuízos na prestação do serviço público. Só este ano, a Prefeitura de Patos de Minas já contabiliza 26 mil dias não trabalhados. O impacto financeiro no caixa da Prefeitura também é grande. Segundo a Secretaria Municipal de Administração, o custo geral com os atestados chega a R$ 2,4 milhões, sendo R$ 1,3 milhão somente da Secretaria Municipal de Saúde, seguida pela Semed (R$739 mil) e Semop (R$126 mil). Só o mês de abril, que teve maior impacto nos cofres públicos, teve um custo de R$466.287,00.

Diarreia, dores na coluna e a realização de cirurgias estão entre as principais causas de afastamento dos servidores municipais. Os Professores de Educação Básica lideram o ranking dos pedidos de licença médica com 263 afastamentos e 2.722 dias perdidos. Os auxiliares de serviço já tiraram 211 atestados em 2018 e perderam 3.726 dias. Os agentes comunitários de saúde ocupam o 3º lugar com 187 atestados (3.115 dias) e os de combate às endemias protocolaram 157 justificativas médicas (1.112 dias). Os médicos já se afastaram 66 vezes e perderam 839 dias de trabalho.

A Prefeitura de Patos de Minas possui atualmente 3.500 servidores e uma folha de pagamento que ultrapassa R$ 11 milhões por mês. Nos últimos dois meses, o prefeito José Eustáquio teve dificuldades em quitar a folha no 1º dia útil como vinha ocorrendo.

Autor: Maurício Rocha Postado em 07/08/2018
Compartilhe:

53 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • QUE VERGONHA EM DOUTOR! | 1 semana, 4 dias atrás

    Que vergonha! Será os servidores municipais apresentando atestados falsos, ou, o SEMI-DEUSES (. Médicos ) estão emitindo atestados com falsidade ideológica. Já que estamos no brazil, com certeza somente o plebeu será punido e, o semi deus jamais. VERGONHA VERGONHA VERGONHA

    1 1 Responder

  • Funcionario | 1 semana, 4 dias atrás

    Olha não discordo da matéria em momento algum, pelo contrário, acho que a lei dos servidores dá regalias demais e como o setor de RH é muito fraco, qualquer atestado ou declaração de comparecimento é aceito e os chefes imediatos nada podem fazer. Trabalho a mais de 10 anos a frente de um setor, não sou cabide de emprego, pois sou concursado e fui indicado para gerenciar uma unidade da prefeitura. Cumpro meu papel da melhor maneira que posso e busco aplicar as medidas cabíveis aos casos, a parte mais humilde (ou seja, os cargos mais baixos) dificilmente pegam atestados ou saem para consultar no horário de trabalho, já os cargos mais altos esses sim fazem o que acham por bem, não estão nem um pouco interessados no trabalho interno; pegam atestado de acompanhamento até do cachorro da esquina e a prefeitura aceita numa boa. Aquele setor de medicina do trabalho é uma vergonha, uma mulherada atoa o dia inteiro e poucos atendimentos, quando deviam averiguar esses atestados e o me´dico examinar de verdade esses servidores. Há malandragem por parte de pelo menos metade dos servidores publicos sim e não adianta vir com mimimi não, médicos, enfermeiras chefes, cirurgiões dentistas esses são terríveis acham que estão fazendo favor para a prefeitura.Esse é o retrato fiel do Brasil, onde os coronéis (donos do poder) e seus apadrinhados desfrutam dos benefícios explorando e atendendo mal a população. engraçado que chegar na hora, atender as pessoas com zelo, presteza e educação não querem... mas chega o dia do pagamento ficam igual urubu na carniça querendo em dia. Devia era fazer que nem o Estado, parcelar o salário em 3 vezes para aprenderem a valorizar mais o trabalho que tem.

    0 8 Responder

    Servidor - 1 semana, 4 dias atrás

    Não existe mérito na prefeitura, se você é encarregado é porque é cargo político, uma vez que não existe lá plano de cargo e carreira com progressão hierárquica, sendo assim, qualquer chefe, qualquer um mesmo, até você, é definido única e exclusivamente por um critério: POLÍTICO. E são esses, na grande maioria, que menos dão exemplos em questão de assiduidade e pontualidade, mas são eles que cobram dos subordinados nas avaliações anuais que só avaliam subordinados. Já o contrário, um formulário para subordinados avaliarem a chefia, nunca vi na tão "perfeita prefeitura". Ninguém é bobo aqui não "Funcionário", vai defender esses "coronéis" em outro canto.

    6 3

    Para servidor - 1 dia, 10 horas atrás

    Você deve trabalhar em outra prefeitura meu caro, não tenho indicação política nenhuma. Encarregado é um cargo sem muita importância e você sabe disso, portanto, se você está desempenhando um bom trabalho te mantém, até mesmo porque nem cobiçado é. Agora os grandes cargos isso sim, os de indicação são e fazem a festa. Infelizmente não é conveniente me identificar, pois teria o maior prazer de esfregar minha folha de ponto na sua cara e buscar meu histórico de atestados para você ver. Se eu fosse uma indicação política, o que me faz permanecer a frente pelo 3 mandato, sendo que os grupos políticos mudaram nesses anos todos? Nem de política eu gosto, mas o meu papel de defender o interesse dos usuários eu cumpro, bem como garantir que sejam atendidos com educação, pontualidade e eficiência, o que é o minimo que nós na condição de funcionários devemos fazer. Você está tão equivocado e com medo da reação da população ao ver/ ler essa matéria que notoriamente é do grupo que escora no serviço publico e acha que está fazendo favor á prefeitura. Pena não divulgarem os nomes dos funcionários de atestado, aí queria ver seus argumentos. População deveria era monitorar e denunciar esses funcionários safados que dão o tombo no serviço e deixam o povo a mercê. Área da saúde então é um disparate, médicos, dentistas e enfermeiros se cumprirem metade da sua jornada real durante a semana pode levantar as mãos para o céu. Esse Brasil não tem jeito, os mesmos que gritam fora a corrupção são os mesmos que a pratica na vida cotidiana.

    0 0

  • Promessas | 1 semana, 4 dias atrás

    Para resolver o problema de caixa é fácil: manda os cabides irem embora. Para população que fala de servidor público, informo que só tem valor aquele que não faz nada.... só tem valor aquele que é incompetente. Vocês não tem noção do número de chefes que não fazem nada. O que ouve dos servidores é: para que fazer se os cabides não fazem? Chefes apenas para receber. Agora eu pergunto: quem está errado? Outra coisa estou falando o que está na cara de qualquer um. Chega nos setores e pergunta pelos chefes. Se estiverem presentes não vão saber o que fazer. Claro que como tudo na vida, há exceções

    8 1 Responder

  • Realista | 1 semana, 4 dias atrás

    Os que mais tiram atestados são os próprios encarregados e chefes que se acham acima dessas leis para os "pequenos oprimidos", eles são os super-homens da prefeitura, podem tudo mas só se forem amigos do amigo do prefeito, aí pode tudo. Como se diz por aí: aos amigos tudo de bom, aos inimigos a LEI... quer dizer, tudo de ruim.

    10 2 Responder

  • Será por que patrão não pega atestado? Será que não adoece? | 1 semana, 4 dias atrás

    Se esse povo tivesse a própria empresa não teria pegado um atestado esse ano numa crise dessas. Mas, é o dinheiro suado dos otários pagadores de impostos que banca né!

    7 1 Responder

  • Para os amigos tudo pode! | 1 semana, 4 dias atrás

    A secretaria da saúde lidera porque os funcionários são "chegados" dos médicos. Aí a coisa flui direitinho. Toma lá dá cá. O CRM deveria tomar uma atitude sobre isso e investigar esses atestados porque certamente tem caroço nesse angu.

    6 2 Responder

  • ATESTADOS SAMU | 1 semana, 5 dias atrás

    É PORQUE NÃO CONHECEM OS DOENTES AQUI DO SAMU. É BAIXA TODO DIA. TODO DIA É HORA EXTRA PAGA PELO MUNICÍPIO. AÍ O MUNICÍPIO QUEBRA MESMO

    4 1 Responder

  • Z e fuba | 1 semana, 5 dias atrás

    Prefeitura exploradora, contrata porque o funcionário não tem direito a nada, o ministério público, tinha que fiscalizar essas situações de exploração ao trabalhador, não tem planos de saúde, tem que pagar partes do passes de ônibus, muitos tem que tirar do próprio bolso, por não ter material de trabalho, as creches são as mais prejudicados, as cozinheiras tem que se virar para fazer o que comer para as crianças, o senhor prefeito, vamos fiscalizar essas instituições públicas é perguntar os funcionários que trabalham Nelas a sua realidade, para reforma uma creche, como pinturas etc, tem que recorrer a empresa particular isso é uma vergonha, uma alimentação melhor para as crianças tem que ter doação.

    7 6 Responder

  • sniper | 1 semana, 5 dias atrás

    Não crucifiquem todos os funcionários ,sou funcionário publico concursado, peguei apenas um atestado de 5 dias por uma conjuntivite em 2 anos e meio .Aqui não existe essa tal maravilha que muitos acham , salário baixo, pagamento atrasado,condições de trabalho, sobrecarga, Aqui tem muito cacique para pouco índio. População começa a cobrar de quem pode vão atrás dos vereadores, façam esconda-lo na UPA ,divulguem em grupos sociais, rádio TV .façam valer seus direitos .vamos acabar com essa Cidade dos coronéis, mandam e desmandam, mamam e deixam mamar quem eles querem . Falar é fácil quero ver fazer,Muda Brasil ACORDA PATOS DE MINAS . :facepunch:. :rage:

    11 3 Responder

    Django - 1 semana, 4 dias atrás

    Conjuntivite não precisa de atestado não. Queria ver se vc fosse o dono da empresa, se você ficaria em casa com conjuntivite. É preguicite aguda mesmo que os funcionários públicos tem. Parasitismo causando danos ao contribuinte. Desse jeito, sem trabalhar, a fonte vai secar em breve.

    1 7

    Ju - 1 semana, 4 dias atrás

    Se ta tão ruim assim pq vc continua trabalhando aí ?

    3 3

  • Concordo | 1 semana, 5 dias atrás

    Concordo com isso tudo! Lá no consultório de dentista ceo tem uma tal de Doutora Valéria que cuida das crianças que sempre chega atrasada ou ta consultando. Já vi até o chefe dela olhar copm cara brava para ela mas os grandões são sempre protegidos.

    7 1 Responder

carregar mais comentários