Condutora que transportava 14 trabalhadores rurais é presa por transporte clandestino na MG235

Ela assinou o TCO e foi liberada.

publicado em 12/10/2019, por Farley Rocha


Diversos veículos foram fiscalizados.

A Polícia Militar Rodoviária prendeu nessa sexta-feira (11) uma motorista de ônibus por transporte clandestino de passageiros. Ela transportava 14 trabalhadores rurais quando foi abordada pelos policiais. Ela assinou o TCO e foi liberada.

De acordo com informações da PMRV, com a lei em vigor, 13.855 de 08 de julho de 2019, relacionada ao Transporte Clandestino de Passageiros, foi realizada operação conjunta entre a Polícia Militar Rodoviária e o DEER, com objetivo de combater o transporte ilegal de passageiros. Por volta das 17h25, no km 85 da rodovia estadual MG 235, município de São Gotardo, foi abordado o ônibus, o qual realizava o transporte de 14 trabalhadores rurais sem autorização.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

A condutora do veículo E. A. S. de 43 anos, realizava o transporte do município de Rio Paranaíba para São Gotardo, e não possuía autorização do DEER para exercer o transporte.

A condutora então foi presa em flagrante delito, encaminhada à delegacia, e após ter assinado o devido Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi liberada. Os passageiros foram escoltados pela PM até a cidade de São Gotardo, município de destino, e após o desembarque o ônibus foi removido ao pátio.

Os policiais destacaram que as fiscalizações continuarão diuturnamente visando coibir a prática do transporte irregular de passageiros.

Imagens atualizado em 12/10/2019 • 3 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 12/10/2019
Compartilhe:

19 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Jefinho | 2 dias, 8 horas atrás

    Eu nao sou contra lei mas fico indignado que pra punir o coitado vem pm deer antt mas nao da condições das pessoas regularizar o transporte. Eo que fico mais indignado e que metem o ferro so em quem ta trabalhando agora um buraco no asfalto rodovias sem sinalização nunca vi ninguém reclamar e nem nunca vi nem um orgao de tranporte solucionar o problema sera que isso nao causariam acidentes tb esse brasil ta uma merda é perigoso seu carro capotar num buraco nessas rodovia e vc ainda ser multado por direçao perigosa de ta trafegando em rodovias esburacadas assumindo o risco de acidentes so falta isso agora .

    0 0 Responder

  • MORADOR | 3 dias, 6 horas atrás

    TEM E QUE PRENDER OS TRAFICANTES AQUI EM SAO GOTARDO TAMBEM

    0 0 Responder

  • patureba | 4 dias, 10 horas atrás

    Sr. Observador e demais comentaristas. Todo respeito aos seus comentários, no entanto, acho importante esclarecer melhor as informações, dentro do possível. Esta legislação de transporte clandestino existe desde 2011, e o DEER e a Polícia Rodoviária Estadual em conjunto, cada um com sua atribuição, vem realizando este trabalho de coibir este tipo de transporte. Cabe ressaltar que é uma Lei Estadual, ou seja, vale para transporte entre munícipios dentro de Minas Gerais, intermunicipal. No entanto, entendo que vários transportadores pagavam uma pequena multa e eram liberados, ou seja, andar irregular valia a pena. Agora, o Código de Trânsito Brasileiro foi alterado recentemente e prevê a prisão do transportador clandestino e a um valor alto de multa. Agora, se houver um acidente, quanto vale uma vida???? Acho que o observador deve ter confundido a questão entre DEER e ANTT, o valor de 13.500,00 no DEER e 4.000,00 na ANTT é o valor mínimo para cobertura do seguro obrigatório para quem pretende se legalizar. O valor para fazer o seguro é razoavelmente baixo, depende da seguradora. A emissão da autorização é gratuita e feita no DEER, basta ter os documentos exigidos. Agora, o que foi falado por outra pessoa, é que o DEER assinou contrato para renovação de transporte regular rodoviário, na verdade quem assinou foi a Secretaria de Transportes e Obras Rodoviários - SETOP, outro órgão do Estado responsável pelos contratos. Se está errado? Não sei, cabe investigar. Agora o DEER é órgão fiscalizador, ele emite a Autorização para transporte fretado e para transporte de trabalhadores rurais , para transporte rodoviário e fiscaliza estes transportes, mas não é ele quem faz e assina os contratos de Concessão de transportes rodoviários, mas sim a SETOP. Se é difícil trabalhar hoje, com tantos impostos? Com certeza. Muito respeitos aos trabalhadores e a esta senhora que foi presa. Agora, vamos tentar melhorar a cada dia, em vez de só reclamar em todo governo que começa. Vamos fazer nossa parte, dentro do possível, claro. Só não podemos é ficar parados e só reclamando de tudo. Bem, desculpa escrever muito, mas é preciso ser claro e procurar a verdade para NÃO SERMOS INJUSTOS.... :grinning: :pray: :pray: :pray: :pray: :pray: :pray:

    11 2 Responder

  • Alex | 4 dias, 13 horas atrás

    São Gotardo tem muitos ônibus velho que nem pra jogar fora serve transportando trabalhadores acho que devia ter uma viscalizacao melhor encima desse povo

    6 3 Responder

  • | 4 dias, 13 horas atrás

    Comentários idiotas. Ninguém da emprego, emprega. Patrão não consegue ganhar dinheiro sem empregado. Tudo que é pelo trabalho é coisa de comunista e pelo patrão é caridade, favor, progresso mesmo oferecendo salários de miséria de R$ 1.000, ... R$ 2.000,0. A lei é para proteger e tem que ser cumprida.

    5 7 Responder

  • Pirilampo | 4 dias, 18 horas atrás

    Os camaradas já não tem emprego, quando conseguem um bico de peão na área rural ainda vem a polícia e prende os coitados. Mudando um pouco Dorival Caimi, " :musical_note:Vida de pobre é difícil, lê, lê...lê ô :musical_note: "

    20 19 Responder

  • OBSERVADOR | 4 dias, 18 horas atrás

    Ineficiência do estado....DER Infelismente na alta cúpula comprometida e os demais cumprem as ordens. A lei de transporte fretado ou rural em Minas e tão sem noção e vagabunda que o seguro é 13.900,00 enquanto da ANTT mais eficiente de mais 4.000.000,00....O DER/MG impõe regras impossíveis de dar chance aos trabalhadores em prol de grandes empresarios que sonegam, compram, burla o sistema por ser Delegatario. Se MP estadual tivesse coragem de enfrentar as grandes empresas era só fiscalizar os contratos concessão renovados indevidamente sem licitação (comprados). Pra se ter uma base os contratos foram assinados dentro do sindicado da categoria, passe do Idoso é feito pelo Sindicato e não por uma entidade estadial o que na maioria e negado em favor dos empresários.A lei do idoso estadual foi feito pelo jurídico dos empresários e órgão estadual assinou...

    15 4 Responder

    Eu - 4 dias, 18 horas atrás

    Rapaz, ô observador eu não tenho a capacidade o conhecimento quê oçê tem não???????????????? mais cara çê falou tudo... Talvez se estivesse cheio de traficantes ou deputados passava de Boa.

    15 4

    Ildelfonso Epaminondas de Vasconcelos Albuquerque - 4 dias, 16 horas atrás

    Parei em "infelismente".

    0 7

  • Aroldo Corrêa | 4 dias, 19 horas atrás

    Este governador cara de pau chegou com discurso de moderninho e o povo tolo acreditou, agora coloca os “amarras cachorros “ do DER , um departamento mais sujo pau de galinheiro, para juntar dinheiro, na logística de quem trabalha. Um dia isso aqui poderá virar uma democracia, os bons espíritos nós ilumine para bom entendimento entre humanos. Aroldo Corrêa outubro 2019

    14 3 Responder

  • Benny | 4 dias, 19 horas atrás

    A questao é que se acontece um acidente estes 14 pais de familia iram ficar descoberto pelas leis trabalhistas e com isto os patrões deles saim ilesos e quanto a familia detes trabalhadores vão penar, sofrer sem ganhar nada. EU SO ACHO QUE OS PATRÕES TINHAM QUE SER AO MESMO TEMPO PUNIDOS ADMINISTRATIVAMENTE COM MULTAS PESADAS PARA QUE APRENDAM A DAR VALOR AO HOMEM DO CAMPO E PAREM DE TRATA LOS MAL SEM SE IMPORTAR COM A VIDA.

    9 13 Responder

    Rob200 - 4 dias, 16 horas atrás

    Num é? Mió mesmo é não ter emprego. Mió ficá em casa memo. Corre risco pa trabaiá .. eu hein..

    5 3

    Morais - 4 dias, 15 horas atrás

    Dentro da propriedade rural ( empresa)os trabalhadores tem segurança jurídica, trabalhista assistencial, no intervalo entre a casa e o trabalho a responsabilidade deveria ser da empresa de transportes que por sua vez deve estar legalizada conforme as normas e leis virgentes, ou do próprio funcionário usando veículo próprio de locomoção.

    8 1

  • Realidade | 4 dias, 20 horas atrás

    Autoridades brasileiras só ferram os pobres. Quando é rico, lambem as botas. Ta difícil sobreviver nessa zona do bozo. Por isso, tem tanta gente vazando do Brasil para todo lugar, até Portugal.

    17 19 Responder

carregar mais comentários