Comerciante que se tratava com remédios contra Covid-19 é encontrado morto em casa

O médico coordenador do SAMU confirmou que ele fazia tratamento contra Covid-19 com hidroxicloroquina, ivermectina e dexametasona.

publicado em 29/07/2020, por Farley Rocha


Muito triste. Um comerciante de 55 anos foi encontrado morto em casa, nesta quarta-feira (29), em Patos de Minas. O SAMU chegou a ser acionado para socorrê-lo, mas Giovani Braga já estava sem os sinais vitais. O médico coordenador do SAMU confirmou que ele fazia tratamento contra Covid-19 com hidroxicloroquina, ivermectina e dexametasona. O atestado de óbito aponta a causa provável da morte como problema cardiológico.

O médico Alexander Gonçalves Sousa, Coordenador do Samu, concedeu entrevista ao Patos Hoje e falou sobre o atendimento. Ele explicou que a ambulância foi acionada por volta das 11h00. A informação dos familiares era de que Giovani já se tratava de Covid-19 há cerca de 10 dias, dessa forma os profissionais seguiram todo o procedimento para o atendimento.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

Na residência, situada no Bairro Antônio Caixeta, os profissionais encontraram Giovani já em óbito, em rigor cadavérico. O médico explicou que os sinais mostravam que já fazia cerca de 6 horas da morte. No quarto, próximo ao corpo, o médico encontrou a receita assinada por uma médica que se prontificou a tratar Covid-19 em Patos de Minas e os remédios hidroxicloroquina, ivermectina e dexametasona.

De acordo com o médico, os remédios estavam organizados, mostrando que ele estava fazendo uso deles. “No entanto, não surtiram efeito”, destacou. O médico também informou que um vizinho relatou que ele estava sofrendo muita falta de ar durante a noite, sintoma característico de Covid-19, o que só deve ser confirmado com o exame. 

O médico lamentou a morte de Giovani que era uma pessoa relativamente jovem, saudável e que fazia atividades físicas. Nas redes sociais, muitas pessoas compartilharam mensagens de pesar pela perda do comerciante, que é bastante conhecido na Capital do Milho. A mensagem compartilhada informava que ele sofrera um infarto.

O Patos Hoje apurou que não houve velório e que o sepultamento aconteceu em Lagoa Formosa, de forma mais rápida, como determina o protocolo de Covid-19. Os médicos orientam os pacientes que sentirem sintomas de Covid-19 para procurarem uma unidade de saúde, destacando que o tratamento deve acontecer em uma unidade hospitalar.

Os estudos científicos mostram o risco de se usar hidroxicloroquina para tratamento de Covid-19, apontando riscos de arritmia cardíaca. Os médicos também não recomendam, de forma alguma, o uso indiscriminado de medicamentos.

Autor: Farley Rocha Postado em 29/07/2020
Compartilhe:

126 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Marcio | 1 semana, 5 dias atrás

    Mais um para a conta do merda, o garoto propaganda da cloroquina, droga inútil e empurrada no Braziu pelo trump, o seu patrão no Norte.

    9 15 Responder

  • Luzia | 1 semana, 6 dias atrás

    Meus Sentimentos à toda Família Braga......

    3 0 Responder

  • Wiseman | 1 semana, 6 dias atrás

    Mais casos como esse acontecerão na nossa radical república do Bolsonistão. Os cientistas estão cansados de dizer q não há comprovação científica para tratamento do covid. Além do mais o medicamento traz complicações cardíacas... Mas se o Bolsonaro falou a água parou!

    22 18 Responder

  • Jose | 1 semana, 6 dias atrás

    1º - Meus pêsames aos familiares 2º - Todo remédio tem algum efeito colateral 3ª - Ninguém está obrigando ninguém à usar o remédio

    26 11 Responder

  • Charlatanismo no século XXI | 1 semana, 6 dias atrás

    Médico charlatão que não trabalha respaldado pela ciência tem que ser processado. E esse é o caso! A família deve ir atrás de quem receitou a droga que complicou a vida do rapaz e levar um processo adiante. Não há remédio ainda para Covid-19 e ponto final.

    18 22 Responder

  • Luisão | 1 semana, 6 dias atrás

    Fatalidade e grande perda. Família, amigos nossos sentimentos. De forma prematura, Geovane está ao lado do Pai.

    11 1 Responder

  • Luisão | 1 semana, 6 dias atrás

    Fatalidade e grande perda. Família, amigos nossos sentimentos. De forma prematura, Geovane está ao lado do Pai.

    4 2 Responder

  • DUCKTALES | 1 semana, 6 dias atrás

    Que pena ! A cloroquina fazendo mais uma vitima.

    30 37 Responder

    Daniel - 1 semana, 6 dias atrás

    Vai ser burro fí, foi o Covid que o matou não o medicamento!

    13 14

  • rasgando o verbo | 1 semana, 6 dias atrás

    Falo nada povo ignorante vcs tem o presidente que vcs merecem!

    46 57 Responder

    Lula - 1 semana, 6 dias atrás

    O verbo , deixa quieto ainda estou preso !! Hheheheheh

    5 15

  • Alberto | 1 semana, 6 dias atrás

    A verdade cientifica é que não existe medicamento realmente efetivo em nenhuma fase da covid-19, felizmente mais de 90% das pessoas tem um quadro muito leve e se curam sem qualquer medicação. Por isso fica o Bozo e muitos incautos, inclusive médicos oportunistas que querem convencer seus pacientes que ajudaram prescrevendo drogas inuteis para se promover e dizer que estão fazendo alguma coisa. Por isso muitos inocentes tomam esses medicamentos e quando tem a forma mais grave ficam em casa tomando essas porcarias e demoram a buscar atentimendo médico que tem salvado muitas vidas. Mesmo assim muitos casos se agravam EM TODAS AS IDADES e não há recurso, vindo a óbito.

    39 35 Responder

carregar mais comentários