349669 2216 Ok
Caiçaras - Full Banner
Publicado em 27/10/2017 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Combate ao transporte clandestino será intensificado para evitar acidentes e mortes na região

Denúncias dão conta que os ônibus clandestinos têm até ponto de apoio em Patos de Minas.

A reunião aconteceu na sede do Procon.

O Procon de Patos de Minas foi convidado para intermediar uma grande força-tarefa de combate ao transporte clandestino de passageiros nesse final de ano. Cortado por diversas rodovias estaduais e federais, o município se tornou rota para ônibus irregulares que cobram passagens um pouco mais em conta, mas que não oferecem segurança para os passageiros.

São dezenas de ônibus clandestinos transportando passageiros do Triângulo Mineiro para o Norte de Minas e do Nordeste do país para o Estado de São Paulo. A principal rodovia utilizada é a BR 365. Denúncias dão conta que os ônibus clandestinos têm até ponto de apoio em Patos de Minas. A promessa de viagem mais rápida e de preço mais em conta da passagem, no entanto, pode ser sair cara demais para o consumidor.

O número de acidentes envolvendo ônibus de transporte clandestino na região preocupa. O mais recente deles aconteceu no mês passado na BR 146 no município de Serra do Salitre. O ônibus perdeu o controle da direção e caiu em uma ribanceira deixando seis mortos e 47 passageiros feridos.

A situação preocupa e por isso os órgãos ligados ao trânsito e à defesa do consumidor se mobilizam para intensificar a fiscalização contra o transporte clandestino de passageiros. A intenção é mobilizar as Polícias Rodoviárias, Ministério Público, Procons, órgãos estaduais e federais de trânsito e a sociedade.

A primeira reunião na sede do Procon em Patos de Minas é só a primeira de uma série de ações que serão realizadas nos próximos dias na região.

Imagens atualizado em 27/10/2017 • 7 fotos

Autor: Maurício Rocha Postado em 27/10/2017
Compartilhe:

18 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Joao | 1 mês, 2 semanas atrás

    Lembrando que a fiscalização de transporte clandestino nas rodovias pertence a ANTT(agência nacional de transportes terrestres) tanto nas rodovias federais quanto estaduais... As polícias são apenas órgãos auxiliares, Uma vez que a ANTT é o verdadeiro responsável pela fiscalização.. engraçado que não vi a presença do representante da ANTT nesta reunião..

    2 0 Responder

  • Veizin caçador de pacas no Rio Paranaíba | 1 mês, 2 semanas atrás

    Quando vái ter concurso para o PROCON.? Vai ficsr eternamente na base do apadrinhamento. É por isso que essa cidade não melhora! Competência se mostra pela capacidade de puxar saco com vontade mesmo!

    1 13 Responder

  • Almir | 1 mês, 2 semanas atrás

    Tem coisa serias para o procon preocupar não?

    2 19 Responder

    isabella - 1 mês, 2 semanas atrás

    Se VIDA não é importante pra você então tá vivendo no país errado.

    18 2

  • Glaucia Renata Oliveira Lima | 1 mês, 2 semanas atrás

    E Sao muitos..quantos acidentes e capotamentos.....pessoas perdem tdo...cena apavorosa....

    15 2 Responder

  • Patureba | 1 mês, 2 semanas atrás

    O Procon deveria fiscalizar os abusos cometidos pelos postos de combustíveis que vendem produtos adulterados. Não há mais atuação do Ipem-MG, as duas funcionárias deste órgão lotadas aqui em Patos quando fiscalizam o faz onde sabem que não existe irregularidade. E o que fazem os deputados estaduais que deixam a roubalheira tomar conta do Ipem. Um instituto que gera altos lucros ao estado e indiretamente à população, pois, se fiscalizassem, coibiria abusos contra nós consumidores.

    7 15 Responder

    Até quando tudo aqui fica com os puxa-sacos? - 1 mês, 2 semanas atrás

    CADÊ O CONCURSO PARA O PROCON E PARA A PROCURADORIA, PREFEITO?

    4 17

  • Flavio | 1 mês, 2 semanas atrás

    Sei . estão preocupado com o consumidor...... conta outra!!!!

    3 15 Responder

    José - 1 mês, 2 semanas atrás

    Se não com o consumidor, com quem estão preocupados, meu caro? O que isso traz de beneficio ao PROCON? NADA! É só mais uma atuação espetacular do órgão e do cordenador.

    15 4

  • Realista | 1 mês, 2 semanas atrás

    Com tantos impostos e políticos desonestos e muitos funcionários públicos que não trabalham é preciso muitas multas para arrumar dinheiro. E licitações para outras empresas de transporte coletivo para Patos de Minas que é bom nada isso o Procon não fiscaliza será porque???

    6 13 Responder

  • Éric. | 1 mês, 2 semanas atrás

    A churrascaria gaúcha também funciona como uma rodoviária de ônibus clandestinos. A PRF é ciente disso desde sua instalação. Há mais de uma década, claro. O observador, do comentário sobre o assunto, está muito bem embasado em suas informações. Mas neste país, Brasil, o monopólio é predominantemente em todas as áreas; corrupção, propina, ..........

    7 5 Responder

    Ws - 1 mês, 2 semanas atrás

    Os policiais almoça de graca na churrascaria junto com ônibus clandestino esse brasil e dificil so eu que nao roubo nada vou passar a robar também

    7 3

  • Transportadora | 1 mês, 2 semanas atrás

    Vira nada e nos vamos continuar em patos de minas não existe leis municipio largado a corrupção policia federal esta em nossas mãos come o que nos pagamos de propina galera passagem de monte azul norte de minas para uberlândia com parada em montes claros , patos de minas apenas $100,00 isso mesmo viação cladestina de monte azul para todo brasil.

    8 3 Responder

  • Observador | 1 mês, 3 semanas atrás

    As empresas ai presentes tambem operam clandestinamente e tem vários itinerários frios. Outra e falta concorrência, já que as mesmas empresas junto com outras no estado fizeram uma renovacao de contratos por 28 anos além da eternidade que já possuíam, quebrando muitas empresas pequenas, não deixando licitar as linhas e monopolizando as mesmas. O contrato renovação foi feito na calada da noite (véspera eleicoes) com propinas estimadas em um milhão reais a cada ano renovado ou seja vinte e oito milhões, pagas mensalmente em boletos frios a um sindicato da classe e já conhecimento MP e Lava Jato. Basta entrevistar no interior várias empresas pequenas não deram conta. Nesta reunião do tem órgão estadual o qual não tem competência pra fiscalizar o interestadual (Antt) e várias destas empresas movimentam o comércio no município, (postos combustível, restaurantes, hoteis) e seus preços são compatíveis a realidade. Os acidentes são fatalidades, da mesma forma acontecem com as nomatizadas. Procon tem preocupar com outras atividades na cidade (juros abusivos, comércio não dando assistência, etc...) aí ela está servindo bode expiatório já por meios legais nunca se parou com transporte. Há outra o Uber de ônibus vai ser legalizado e já tem muitos com liminar....

    9 21 Responder

    Patense - 1 mês, 2 semanas atrás

    Vc falou tudo!!!!!O Procon não deveria e não deve entrar nessa questão, uma que não tem competência pra isso, outra não tem nem estrutura ( você vai lá no Procon só tem estagiarios) mais outra, esta na cara que está defendendo interessese e das empresas de ônibus.

    3 18

    Luiz - 1 mês, 2 semanas atrás

    Vocês são muito desinformados. O transporte de ônibus interestadual é de competência do PROCON, sim, nesses caso não só dele, mas vários outros órgãos e nunca foi defendida nenhuma empresa de ônibus tanto é que o órgão não poupou esforço para acabar com os abusos que as empresas faziam com os idosos.

    14 1

    Luciene - 1 mês, 2 semanas atrás

    Os estagiários sabem mais que você querido.. eles estudam pra isso, vá procurar um serviço ao invés de reclamar e trate de ficar menos arrogante e achar que estagiários nao servem pra nada. A maioria deles é que fazem sentenças pareceres audiências em diversos órgãos.

    14 3

    Transportadora - 1 mês, 2 semanas atrás

    Enquanto você apenas observa e calúnia nós trabalhamos! 365 dias ao ano e 24hrs por dia, faça chuva ou faça sol e se "chover canivete" também estaremos lá. E se você se acidentar na estrada, o que realmente não esperamos, boa sorte com o DPVAT e desejamos que encontre o proprietário do veículo. Aproveitando a oportunidade, estamos observando e oferecendo vamos de emprego, esperamos pelo contato. Atenciosamente, quem observa e faz acontecer.

    11 0

carregar mais comentários