Com mais de 70 passagens pela polícia, principal suspeito de matar taxista continua foragido

Ricardo Elias Soares Luiz, conhecido como Ricardinho, continua foragido.

publicado em 13/02/2019, por Farley Rocha

Ricardo Elias Soares Luís, ainda não foi encontrado.

O assassinato do taxista Rainelle Hylario Soares, de 29 anos, já está praticamente elucidado, entretanto, a polícia segue sem pistas de onde se encontra o principal suspeito de cometer o crime. Ricardo Elias Soares Luiz, conhecido como Ricardinho, continua foragido.  Ele chegou a postar mensagem nas redes sociais informando que seria preso e que ficaria uns quatro anos no Presídio, mas conseguiu escapar.

O crime aconteceu na madrugada do dia 05 de Janeiro no bairro Coração Eucarístico. Rainelle foi encontrado sentado no banco do motorista, com o corpo coberto de sangue e já sem vida. Ele levou pelo menos cinco tiros na cabeça e pescoço. As investigações começaram imediatamente e a polícia não teve muita dificuldade para identificar as pessoas que estavam com o taxista na noite do crime.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Medic Imagem

O veículo é rastreado e mostrou que o taxista levou quatro passageiros, dois homens e duas mulheres, em bares e locais apontados como pontos de tráfico de drogas antes do assassinato.  Na noite do dia seguinte, a Polícia Militar conseguiu prender as duas mulheres que estavam no carro. Andreia Soares Silva, de 19 anos, e uma menor de 16 anos, que está grávida, foram encontradas no meio do mato, na Fazenda Prata, a cerca de 20km depois de Presidente Olegário. Elas confessaram o crime.

Os dois homens que estavam com elas, inclusive Ricardinho, conseguiram fugir. A Polícia segue trabalhando para tentar localizar o autor dos disparos que tiraram a vida de Rainelle. Ele é um velho conhecido do meio policial e já foi preso inúmeras vezes. No ano passado, após mais uma prisão, Ricardinho concedeu entrevista ao Patos Hoje. Ele mesmo confessou que já foi preso mais de 70 vezes. Na época, depois de ser preso em um carro roubado fugindo da polícia, Ricardinho brincou que ficaria “uns quatro mesinhos presos”.

O segundo foragido é Wemerson Glecio Ferreira Rosa. Ele também estava na cena do crime e, conseguiu fugir junto com Ricardinho quando os policiais capturaram a jovem e a adolescente. Parentes e amigos do taxista assassinado cobram justiça. Eles querem que os dois homens que participaram do homicídio também sejam presos e que paguem pelo crime que cometerem. Quem tiver alguma informação do paradeiro de Ricardinho e Wemerson deve denunciar no 181.

 Wemerson Glecio Ferreira Rosa, também continua foragido.

Autor: Farley Rocha Postado em 13/02/2019
Compartilhe:

63 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • s | 4 dias, 12 horas atrás

    ninguém sabe o paradeiro dele

    0 0 Responder

  • s | 4 dias, 12 horas atrás

    alguém disse pra ela que ele estava em São paulo. Pode até ser verdade mas ninguém sabe o paradeiro dele. posso estar em BH e falar que estou em Santa Catarina

    2 0 Responder

  • A menina que trabalha lá no sex shop do boulervard | 6 dias, 17 horas atrás

    A menina que paga de mala, que trabalha no shopping na loja que é um sex shop sabe aonde tá esses caras, certo dia passando lá ouvi ela falando dos caras! Porque a polícia não vai ir lá procurar ? Fiquei sabendo que os 2 tá no estado de São Paulo

    8 0 Responder

    kkkk - 5 dias atrás

    em boca fechada nao entra mosquito mocinha

    0 3

  • Eu | 6 dias, 18 horas atrás

    Conheço esse menino desde pequeno, já praticava furtos no supermercado da esquina da casa dele, isso não presta tem que morrer uma ... dessas, a mãe morreu baleada e deixou esse ... na sociedade. O avô coitado sempre achou ele um santo. Se eu fosse a polícia ficava de olho ali na Rua Padre Antonio de Oliveira. Prende esse individuo vagabundo e joga a chave fora, já passou da hora dele partir dessa para melhor, a sociedade agradece.

    11 2 Responder

  • Denner | 6 dias, 19 horas atrás

    Esse cara tem que ser exterminados direitos humanos o ...

    6 0 Responder

  • Mão branca | 6 dias, 20 horas atrás

    piores que esses vermes só mesmo as autoridades que dão guarita a eles.

    7 0 Responder

  • LIGA NO 181 | 1 semana atrás

    Pessoal que sabe onde eles estão andando liga no 181 ou 190, ajuda a polícia também ne.. pelo que vi estão viajando daqui pra lagoa grande e Paracatu, João Pinheiro e estão aqui também e o msis engraçado a mesma moto que viram la em lagoa grande viram aqui em patos (bros branca) vamos la gente ajuda a polícia vamos colocar o telefone pra trabalhar quem sabe alguém denuncia a polícia encontra eles trocam tiros e a pm cancela o cpf dos dois o denunciante mais o pm do disparo viram heróis! :)

    9 0 Responder

  • Seu Zé | 1 semana atrás

    Já foi falado mais de um milhão de vezes que as regalias e o AUXÍLIO RECLUSÃO foram criados no governo do FERNANDO HENRIQUE. Existe a lei e a interpretação da lei. Muitos erros vem na interpretação. Agora as leis podem ser alteradas pelos governantes, vamos ver o que eles vão fazer. Porque ficar nesse blablabla e somente incitar a violência não adianta. Até porque violência gera violência. Tem que mudar a lei e não somente culpar esse ou aquele governo. O atual que está no poder é que pode resolver, vamos esperar. Acredito que vai ficar só na conversa. E tempo pra fazer ele tem. Vamos esperar.

    2 3 Responder

  • Fiapo | 1 semana atrás

    Passou da hora de cancelar este CPF!

    33 2 Responder

  • | 1 semana atrás

    a cara do cara.

    8 1 Responder

carregar mais comentários