349669 2216 Ok
Caiçaras - Full Banner
Publicado em 20/09/2017 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Com custo de R$ 1,5 milhão, reforma de casas destruídas por vândalos fará primeiras entregas

O prejuízo para os cofres da Prefeitura, que foi obrigada a realizar as obras, passa de R$ 1,5 milhão.

A reforma é feita por etapas. As primeiras 14 unidades serão entregues ainda esta semana.

A construtora responsável pela reforma do conjunto habitacional no bairro Jardim Esperança e  que foi destruído por vândalos, fará as primeiras entregas ainda esta semana. As famílias que serão beneficiadas com os imóveis já foram informadas e preparam suas mudanças. O prejuízo para os cofres da Prefeitura, que foi obrigada a realizar as obras, passa de R$ 1,5 milhão.

O conjunto habitacional composto por 100 moradias estava praticamente pronto quando foi invadido. Após decisão da justiça de que os imóveis teriam que ser desocupados, vândalos e invasores descontentes passaram a danificar as casas e a saquear as construções. Portas, janelas, vasos sanitários e pias foram furtados. Algumas casas foram incendiadas.

O conjunto habitacional foi construído com dinheiro do Governo Federal para abrigar famílias do bairro Vila Rosa e Jardim Paulistano que moram em áreas de risco. A Caixa Econômica Federal, que liberou o dinheiro, exigiu que a Prefeitura concluísse as obras do conjunto habitacional ou devolvesse o dinheiro que foi investido. A Prefeitura preferiu fazer a reforma.

O conjunto habitacional foi cercado para evitar a ação de vândalos e novas invasões. Cerca de 20 profissionais trabalham na reforma das casas. Algumas unidades habitacionais foram totalmente comprometidas e terão que ser demolidas e reconstruídas.  Outras estão recebendo telhado e pintura nova. Os equipamentos furtados e danificados estão sendo substituídos.

A reforma é feita por etapas. As primeiras 14 unidades serão entregues ainda esta semana. Segundo o secretário municipal de desenvolvimento social, Eurípedes Donizete, as famílias beneficiadas já estão preparando a mudança. Segundo o secretário até junho do ano que vem, todas as 100 unidades estarão prontas para abrigar as famílias de áreas de risco do Jardim Paulistano e Vila Rosa. As casas improvisadas que elas moram hoje serão demolidas e o espaço será destinado para a construção do Parque Ecológico do Rio Paranaíba.

Imagens atualizado em 20/09/2017 • 9 fotos

Autor: Maurício Rocha Postado em 20/09/2017
Compartilhe:

19 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Jair Nunes Cardoso | 2 meses, 3 semanas atrás

    País sem Lei não podia ser diferente né, isso é a inversão de valores que temos no Brasil dos Políticos mais caros do mundo;o cidadão correto com suas coisas é considerado agressor e perigoso pra nossa justiça,já o bandido violento e sem recuperação é considerado vítima da sociedade opressora. Dá pra entender isso,se fosse em um Pais sério esses vândalos iam ter que trabalhar pra reparar os danos qie causaram ao Município e aos futuros moradores desses imóveis, mas sendo aqui no brasil a coisa é diferente.

    2 0 Responder

  • racionais | 2 meses, 3 semanas atrás

    e bem capaz que no dia da entrega dessas casas eles irem lá :rage: e destruírem tudo de novo ai vai dar mais prejuízo aos cofres públicos.

    0 4 Responder

  • Lucilia Gomes | 2 meses, 3 semanas atrás

    DEMORAM a ENTREGAR. Pizzolato indo para o mesmo caminho

    6 0 Responder

  • Lucas Fernandes | 2 meses, 3 semanas atrás

    1,5 milhão em reforma? Sei não hein!

    10 1 Responder

  • José Eguimar | 2 meses, 3 semanas atrás

    e assim que se vai o dinheiro público poderia ter evitado este transtorno este gastos se tivesse entregando as casas assim ficou pronta mas é fácil gastar NOSSO dinheiro que pagamos em impostos pra salvar nossa cidade e uma pena nao saber cuidar dar verba pública somente sabem fazer desvios isto é triste. ..

    7 0 Responder

  • Leonardo Geraldo | 2 meses, 3 semanas atrás

    Agr vai lá e quebra de novo

    6 0 Responder

  • Luciana de Mello | 2 meses, 3 semanas atrás

    E quem paga por isso? Nós cidadãos de bem, por causa de um bando de baderneiros.

    9 0 Responder

  • anjo bom | 2 meses, 3 semanas atrás

    1,5 milhão em prejuízo, pois, essas casas já estavam prontas há algum tempo atrás... uma pena, depois o povo fica reclamando que paga muito impostos, pois, os mesmos (no caso os vândalos que destruíram várias destas casas) não tem educação e muito menos intelligência, pra saber que esse custo todo quem vai pagar ou já está pagando ou já pagou, é o povo! Isso tudo por ignorância de alguns né? :hammer:

    6 2 Responder

  • Ex-tesoureiro do PT | 2 meses, 3 semanas atrás

    Esse é o nosso querido Brasil. Terra abençoada por Deus. Brasil é feito por pessoas bondosas, alegres, divertidas e que gostam de carnaval e futebol...!

    2 5 Responder

  • Cleusa Silva | 2 meses, 3 semanas atrás

    Fico alegre por todas as pessoas que foram beneficiadas, de poder estar cada um com sua casa.

    12 1 Responder

carregar mais comentários