349669 2216 Ok
CNA - Halowen
Publicado em 03/04/2017 por 0
Compartilhe:

Clínica na zona rural de Patos de Minas é denunciada por agressões e maus tratos

Debaixo do braço, o tapa foi tão forte que deixou o sinal da mão.

Um dos pacientes foi atendido por uma equipe médica no SAMU.

As marcas das agressões ficaram estampadas no corpo do paciente. Debaixo do braço, o tapa foi tão forte que deixou o sinal da mão. O espancamento durante a madrugada fez com que outro paciente da Clínica enfrentasse o cachorro bravo do vizinho para pedir socorro. Foi assim que os familiares descobriram o que estava ocorrendo no local.

 A Clínica fica na comunidade de São João, próximo à localidade de Baixadinha, zona rural de Patos de Minas. O local abrigava três pacientes, dois irmãos com esquizofrenia e uma mulher cadeirante. As sobrinhas  informaram que pagavam R$ 1.200,00 por mês para manter cada um dos dois tios internados na Clínica e que não esperavam encontrar tal situação.

Ao serem avisadas pelo vizinho, elas foram para o local e acionaram a Polícia Militar. A Clínica estava com o portão aberto. Só os pacientes estavam presentes. Os familiares reclamaram das condições precárias do lugar. Os quartos estavam sujos e com banheiro entupido. A qualidade da alimentação também foi questionada. Vizinhos relataram que socorriam os pacientes com alimentos constantemente. José Eustáquio contou por que decidiu pedir ajuda.

Dois homens que seriam os cuidadores da casa chegaram pouco depois. Eles foram apontados como sendo os autores das agressões e acabaram sendo presos em flagrante. Os dois homens informaram aos policiais, no entanto, que não recebiam salários e que cuidavam dos internos apenas para ter onde morar.

O paciente que havia sido alvo das agressões estava bastante agitado. Sem tomar os medicamentos, ele falava o tempo todo e ficava agressivo. O homem de 45 anos se acalmou com a chegada do Samu e aplicação de insulina. Diabético, ele passou por teste de glicemia que marcou 507, enquanto o normal é abaixo de 100. O paciente foi encaminhado para a UPA para receber cuidados médicos.

José Eustáquio foi levado para a casa de parentes. A mulher que estava internada na Clínica é da cidade de Coromandel. Os parentes foram avisados. Ela foi levada para um abrigo em Patos de Minas até que os familiares pudessem vir buscar. De acordo com a Polícia Militar, o proprietário da Clínica se apresentou mais tarde e também foi conduzido para a Delegacia da Polícia Civil. Ele disse que estava fechando a clínica e que já havia comunicado os familiares para buscar os pacientes. 

Imagens atualizado em 03/04/2017 • 32 fotos

Autor: Maurício Rocha

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Autor: 0 Postado em 03/04/2017
Compartilhe:

35 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Pedro F... | 6 meses, 2 semanas atrás

    Não sei como são essas clínicas, só sei que a Fazendinha Senhor Jesus, de Araxá-MG, e o AA foram o meu alicerce para encontrar conforto nas Palavras de Deus. Não sou santinho, nem certinho, apenas, hoje, tenho muita consciência em tudo que faço e estou sujeito a erros também. Mas a recuperação de uma pessoa depende apenas dele e do apoio familiar. Basta ele querer e a familia providenciar uma internação hospitalar para desintoxicação e ser dura nas concessões que fizer à ele, afastá-lo das companhias que ele convive. Tenho certeza que com 01 mês ele verá que o caminho certo não era o que estava. Avalie a melhora do aspecto, da saúde, e siga em frente grudado e viciado nas Palavras de DEUS. A palavra de seres humanos são muito direcionadas e maleáveis, a de DEUS é uma só e sem alterações convenientes. Quando fui internado em Araxá não se pagava e a Comunidade ajudava, além dos familiares. Hoje, todo interno tem um cartão do INSS, que fica nas secretarias de fazendinhas e clínicas que hoje, na região, nem sei quantas são. EM TEMPO: o AA tem reuniões todos os dias da semana, tem tb o NA, os familiares e a pessoa envolvida devem frequentar as reuniões e abrirem os ouvidos, ficarem de olhos abertos (não cochichando,cochilando ou bocejando) e, principalmente, abrirem os corações. As recompensas não tardarão a vir. Força para todos nós.

    6 0 Responder

  • Carlos Alberto | 6 meses, 2 semanas atrás

    Vocês sabiam que o antigo "Cacau" lá do shopping foi comprado por essa família?

    8 0 Responder

  • cumedô de queijo | 6 meses, 2 semanas atrás

    NESSES CASOS AS FAMÍLIAS DOS INTERNOS SÃO RESPONSÁVEIS POR ESSAS BARBARIDADES, POIS QUANDO SEUS ENTES QUERIDOS NÃO SERVEM PRÁ MAIS NADA, ELES OS DEPOSITAM NESSAS PORCARIAS DE CLÍNICAS E AÍ FICAM SUJEITOS A TODO TIPO DE MALDADE POR PARTE DESSES QUE DIZEM FAZER AÇÃO SOCIAL. QUEM TEM DE CUIDAR SÃO OS PARENTES.

    11 1 Responder

  • AS | 6 meses, 2 semanas atrás

    Respondendo ao João , ao Gui e o experiente , e demais leitores . eu sei desta situação pq já tive 4 internos da minha família que foram tds no mesmo dia para Clínica de Guimarania , onde o proprietário vindo de Miguelópolis _ SP , onde havia uma outra clínica lá e sem saber minha família internou os internos aqui em Guimarania sem saber que era ele o dono da de outra em Miguelópolis , onde um paciente dele morreu queimado , amarado em uma árvore que em volta tinha pneus de carro e o rapaz morreu lá , na epoca passou até no fantástico , este caso . Assim ele fechou esta clínica e veio para Minas . Montou um centro de capacitação . A partir daí ele passou a capacitar tratamento para famílias com pessoas doentes , dizendo com manipulando as famílias . E ele e tão surtado que td paciente dele após estar dentro da clinica ele chama a PM pra segundo ele puxar a Capivara dos pacientes . Após o pagamento de uma a duas mensalidades da internação ele surta coloca o paciente na beira da estrada e coloca em ônibus com retorno para suas famílias , sem um telefonema para a família ir buscar , ou pelo menos uma explicação isto e constante . E sobre os psicotropicos ele toma em um minimo 30 por dia além do diazepan na veia . A enfermeira que sedia para ele o diazepan ela trabalha em posto de saúde de Guimarania e em hospital em cidades viznhas por isso o facil ascesso a medicamentos. Sobre a Liberte - se eu conheço bem pois lá esta pastora já veio do Paraná a anos com uma fazendinha , depois ela cresceu passou para ter varias clínicas com nome liberte - se pois a fazendinha tinha sido fechado . Esta história de fazendinhas , clinicas e furada se o proprietário e tão doente quanto ao paciente . Não oferece tratamento digno aos pacientes , com respeito , honestidade . se a família paga as mensalidades os pacientes teria que ter alimentos certos e dignos , medicamentos certos e corretos , n os proprietarios medicarem seus pacientes como eles acham que ele acha que tem de ser . Dentro de presídios o gasto do governo e mais ou menos os mesmo valores cobrados de clinicas , porém lá dentro eles tem alimentações boa ou não , mais tem , tem médicos , dentistas etc . autoridades fazem urgente um vigilância nestas clínicas . Pois , os proprietários estão ficando ricos . E colocam ex internos que se tornam funcionarios sem nenhuma formação irem nas cidades vizinhas pedir alimentos para a clínica . Tem varios nas ruas com uma camiseta azul pedindo para a clinica de Cruzeiro da fortaleza , sendo que os proprietários que são daqui de Patos andam de BMW . Abrem o olho :rage: :rage: :rage:

    11 0 Responder

    Gui - 6 meses, 2 semanas atrás

    Entoa novamente eu digo a vc faz uma denúncia formal junto aos competentes para ajudar as famílias e pessoas q são enganadas por esse tipo de serviço pq creio a quem ajuda essas com doações acham q estão destinando o dinheiro para fazer o bem.

    2 0

  • realidade | 6 meses, 2 semanas atrás

    Não existe presidente, nem prefeitos nem políticos que prestem, só roubam, é isso que dá. Abrem essas porcarias chamadas de clínicas e os familiares por não saber mais o que fazer levam seus familiares para um lugar desse sem pesquisar como realmente é de fato.

    2 0 Responder

  • jrs | 6 meses, 2 semanas atrás

    sera q pode serem ser chamados de seres humanos esses animais recebem e ainda fazem isso nojo vcs tem q pagar e nessa vida que nem deus tera piedades almas penadas

    6 1 Responder

  • AS | 6 meses, 2 semanas atrás

    Tem coisas que só Deus explica . Qtas vezes a família ... envolvida em problemas com clínicas e ninguém agia . Dona ... e conhecida como sendo uma Pastora , que esta curou um casal de internos da clínica que eram soro positivo ( milagre ou Palhaçada ) Em 2014 vi seu filho .. fazer um resgate de um paciente juntamente com seu neto ... e outro rapaz segundo era terapeuta ( usaram gás de pimenta e Choque que a Polícia usa ) , seria este o procedimento certo pra levar uma pessoa que esta doente para tratamento ... Além de clínicas a Pastora ... usa menores que ela acolhe pra trabalho escravo dentro de sua casa onde os mesmos submetem a comer restos de alimnetos podres que são dado a ela do Ceasa . Diante te tal fato a família que foi citada que pagava mensalidade de 1.200, nunca foi visitar seus familiares que ali se encontravam , apenas internou e abandonou , como se diz o ditado agora livraram deles pq estavam internados e poderiam viver em paz será este o jeito certo de cuidar de um ser humano doente Outra coisa desde qd as leis permitem em um mesmo espaço pra tratamento denominado clínica ser incluso homens e mulheres juntos Cade a vigilância Sanitárias e as demais autoridades pra tomar providencias cabiveis . * Uma resalva na estrada de Guimarania tb tem uma clínica onde os pacientes vivem em regime de escravidão , o proprietario da mesma vive usando de artificios pedindo cestas basicas juntamente com a mensalidade para a família dos pacientes , onde , o mesmo tem filhos e duas cidades no interior de São Paulo e desvia estes alimentos pra estes locais , e deixa faltar para seus pacientes . O mesmo se auto medica o dia td com medicamentos psicotropicos , ( inclusive diazepan na veia em constante uso , este cedido pela enfermeira da clínica ) e o proprio injeta nele . Ele passa o dia quase td dornindo ou sendo sarcatico com seus pacientes . Seus pacientes usam auto medicamentos psicotropicos . fico indignado que ninguém faz nada com este supostos donos de clínicas ninguém vistoria e nem tomam providencias . Pelo amor Deus autoridades fazem valer o respeito e dignidade ao ser humano que esta doente . :rage: :rage: :rage:

    13 0 Responder

    Joao - 6 meses, 2 semanas atrás

    Caraca se sabe tudo isso pq foi homisa e não denunciou antes. Pq as denúncias são bem graves a polícia tinha q entrar em contato com vc para verificar essa história.

    4 0

    Gui - 6 meses, 2 semanas atrás

    Estanho que diazepam Ev é feito somente ambiente hospitalar. Nossa vc deve conviver bem com essas pessoas já que sabe tento de todas elas. Pq não faz essa denúncia formalmente junto a polícia? Poderia ajudar os pacientes e seus familiares.

    2 0

    EXPERIENTE - 6 meses, 2 semanas atrás

    Conheço os donos desta clínica .Estão ficando ricos aqui em patos .Um deles é dono da .... Eles colocavam os internos venderem balinhas de bananas nas ruas . a chefe é esta que se diz pastora ,Ultimamente estão na porta do BB pedindo ajuda para comprar leite pra quem intolerância a lactose.Para crianças ....precisa averiguar.

    7 0

    AS - 6 meses, 2 semanas atrás

    João não fui homiso em ralatar td isso não , eu já tinha efetuado estes relatos a autoridades competentes em 2015 , mas foi feita vistórias somente em algumas clínicas e nem tdas foram vistoriadas . Gui o medicamento aqui sitado eu sei bem que somente e feito dentro de ambiente hospitalar . Mas o manipulador consegue que sua enfermeira da sua clínica leva até a ele varios frascos , pois a mesma trabalha na Santa casa e no postinho em Guimarania . E as pessoas que tem algum familiar nesta situação desta doença como temos na minha família deveria pensar bem onde internar os entes , pois os proprietários são a maioria adccitos em recuperação , que trocam na maioria das vezes a droga ilicida pela droga de farmácia ( para abstinencia ) , vão até Campinas faz cursos da Febrat e se tornou terapeutas sendo que os mesmo não conseguem na maioria das vezes controlar sua propria compulsão , ¨vivem se alto vijiando e medicando ¨. A pastora não veio do nada para Minas sair do Paranã largando família e vim montar clinica aqui em Patos , sempre deve ter um dedo sujo nisso , segundo informações já ouvidas um de seus filhos e foragido da Policia Federal ( n sei se realmente o fato e real , mas as pessoas proximas dizem isso ) seu outro filho que morava aqui em Patos W. B vive em paginas policiais daqui da região . só deixo uma dica n quero envolver com justiça a denuncias estão aqui tenho 4 da família que são testemunhas destes delitos pois já passaram nestas duas clínicas sitadas . Porém , um deles se encontra perto da lagoa formosa internado . Cabe apenas as autoridades competentes montar um esquema de acixinha de surpresa e ir vistoriar as clínicas .

    6 0

  • Manabuiú.com | 6 meses, 2 semanas atrás

    É lastimável esse tipo de ocorrido... O ser humano já não tem mais nada de "ser", e muito menos de "humano". Tirando dinheiro da família desses coitados, e tratando-os dessa forma... O pior de tudo, é que, não ficarão presos esses vagabundos. Li nos comentários muita gente falando em fiscalização, vigilância sanitária, MP... Esqueçam, um ta preocupado é com a volta das 6 horas na Prefeitura, e o outro, ta preocupado é com Revista de Político, Recomendação pra Câmara (controle prévio de constitucionalidade), tocha olímpica... O "ser humano" que se lasque... :rage: :rage: :rage:

    10 1 Responder

  • lingua quente | 6 meses, 2 semanas atrás

    Senhor Secretário de Saúde deveria organizar uma Comissão de Fiscalização dessas clínicas e realmente fechar aquelas que não estivessem funcionando corretamente. Agora, lugar de tratar esquizofrênico não é em Clínica de Reabilitação, isso é uma covardia.

    25 1 Responder

  • nanninha | 6 meses, 2 semanas atrás

    CADÊ A VIGILANCIA PRA FAZER VISTORIA NESTAS CLINICAS, PODEM IR ATRAS DE OUTRAS CLÍNICAS POR AI QUE TEM MUITA COISA ERRADA!!!!!! QUE A JUSTIÇA SEJA FEITA

    17 2 Responder

carregar mais comentários