Chega a 15 o número de mortes por Covid-19 no Hospital Regional de Patos de Minas

A Vigilância explica que o domicílio dos pacientes pode ser outro, por isso não entraram na contagem de Patos de Minas

publicado em 30/06/2020, por Farley Rocha


Ambulância do SAMU transferindo para o Hospital Regional paciente com COVID-19.

Um relatório produzido pelo Hospital Regional Antônio Dias informa que 15 pessoas morreram na unidade por Covid-19, sendo que 7 seriam de Patos de Minas. O número mostraria a Capital do Milho com mais óbitos pela doença do que o informado pela Prefeitura Municipal, já que pelo menos outros 2 patenses morreram em hospitais particulares do município. No entanto, o domicílio dos pacientes relatado pode ser outro, por isso não entraram na contagem de Patos de Minas.

De acordo com o relatório do Hospital Regional Antônio Dias (veja o relatório completo), referência para o atendimento de casos graves de Covid-19 para a Região Ampliada Noroeste, até as 11h00 dessa segunda-feira (29), foram atendidos 63 pacientes com suspeita de Covid-19, sendo que 44 foram confirmados e 2 aguardam resultado. Os outros casos foram descartados.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

O relatório ressalta a quantidade de mortos no Hospital Regional. Segundo o relatório, na unidade, já houve 15 mortes confirmadas por Covid-19, sendo 7 de Patos de Minas, 3 de Rio Paranaíba, 2 de Carmo do Paranaíba, 1 de João Pinheiro, 1 de São Gotardo e 1 de Unaí. Onze são do sexo masculino e 4 femininos, sendo que todos apresentavam doenças crônicas e/ou fator de risco.

O documento ainda informa a média de idade dos pacientes que vieram a óbito, sendo ela de 69,2 anos. O mais jovem tinha 38 anos e o mais velho 86 anos. O tempo médio de internação foi de 11,6 dias, sendo a internação mais curta de 1 dia e a mais longa de 43 dias.

A Diretora da Vigilância Epidemiológica de Patos de Minas, Elizaine Bicalho, no entanto, informou que nem todos os óbitos informados no relatório como sendo de Patos de Minas pode ter sido mesmo da cidade. Ela explicou que todas as mortes por doença transmissível é investigada e, na hora da internação, pode ter sido informado domicílio dos familiares que moram em Patos de Minas, mas na verdade os pacientes residem em outras cidades. “Há pacientes de Coromandel e de Varjão de Minas que não constam no relatório”, exemplificou.

O Secretário Municipal de Saúde, Carlos Resende, também falou sobre a situação e disse que os números mostram um avanço da doença na região. O Centro de atendimento à Covid-19 instalado junto à UPA atendeu 140 pessoas somente no final de semana.

Autor: Farley Rocha Postado em 30/06/2020
Compartilhe:

70 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Eu | 6 dias, 17 horas atrás

    Aposto q a maioria q está falando em denuncia ,desordem ,em fica me casa tá porra nem uma a cidade d patos tá lotada no centro todo dia esse povo impocrita que vem em rede social fazer d certinho eos que vai pega pq fica encarando supermercado lotado d gente d todo lugar .ainda diz que e serviço essência kkk

    3 0 Responder

  • Sara | 1 semana atrás

    Vai morrer muita gente as lojas estão obrigando os funcionários a ir trabalhar de portas fechadas o povo bate na porta e entra pra efetuar pagamento e até comprar

    5 2 Responder

  • Luz | 1 semana atrás

    Só gostaria de saber como funciona o disque denuncia porque teve uma festa próximo a minha casa em um terreno vago começou no sábado e foi até no domingo até as 18:00 , acionei o disque denuncia , a minha última mensagem enviei as 9:00 da manhã de domingo e só foram abrir na segunda feira. Tenho certeza se eu abrir minha loja o disque denuncia funciona, enquanto esses irresponsáveis ficam disseminando o vírus. No mínimo deve ser algum funcionário de alguma empresa que em vez de ser solidário com o dono da empresa estava era achando bom estar sem trabalhar e ainda ter o direito de receber. Ser solidário neste momento é tudo não façam festas, não aglomerem para que as coisas voltem pelo menos a funcionar.

    12 2 Responder

    . - 1 semana atrás

    190

    0 0

  • Tô-à-Tôa | 1 semana atrás

    Clube dos dez tava lotado fim?de?semana. Som torando no domingo de manhã. Tudo imunizados. Todos assinaram documentos abrindo mão de tratamento e de leitos pra eles e pra família. Fiscalização vai lá nem. É longe.

    5 2 Responder

  • INDIGNADA 1 | 1 semana atrás

    FIM DE SEMANA TAVA TENDO CULTO NUMA IGREJA NA AFONSO QUEIRÓZ..NAO INTENDI PORQUE ALGUMAS PODEM FUNCIONAR!!!CADÊ OS FISCAL????

    13 1 Responder

  • Robert Tiaguim | 1 semana atrás

    Aquela desligada de leve nos aoarelhos pra abrir mais vagas na UTI nê.

    10 25 Responder

  • Pensa comigo | 1 semana atrás

    Se todas as pessoas se conscientizassem de que não é o momento pra bater perna e OLHAR roupa/sapato/... em loja, passear em supermercado, não seria necessário fechar nenhum estabelecimento. Se todo mundo soubesse sair por EXTREMA NECESSIDADE e seguisse as recomendações as coisas seriam bem diferentes! Cria vergonha na cara, bando de ignorante!

    27 6 Responder

    joão de barro 1 semana atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

    Anjinho - 1 semana atrás

    Concordo com VC não adianta a fiscalização sendo q as pessoas q querem se auto destruírem ou destruir o próximo não ter consciência. Quando saio na rua ou quando vou ao supermercado o q mais vejo é pessoas usando máscaras erradas ou não usando nada, ficam colados atraz da gente sem se quiser ter bom senso. Então eu estou fazendo a minha parte mais meu próximo cumpre com a sua ? Vai adiantar alguma coisa?

    0 1

  • joão de barro | 1 semana atrás

    Cadê o povo que fiscaliza a cidade? Aqui o meu bairro não tão respeitano não. É gente fazendo caminhada na pista sem máscra, é gente jogano truco até quinta das meia noite, gritano, bebeno, fumano, fazeno farra ,fazeno barui, acordano os zoto com som alto, acordano nossos fii que ainda é pititim. O povo do jardim vitoria, respeita nóis, pur favor. Já passarao do limite. :rage:

    20 4 Responder

    Raul - 1 semana atrás

    Fazeno, barui, Acordano os zoto, pur favor, passarão...linguá portuguesa ta morta e enterrada. Meu deus!

    1 4

    INDIGNADA - 1 semana atrás

    ja devia ter fito igual rio paranaiba e sao gotardo, ja que fecharam as lojas, la tambem foi proibido o uso de bebida alcolica, foi recolhida dos supermercados, pra pessoas nao ficarem fazendo festinhas e contaminando mais ainda ou outros

    2 1

  • Justiceiro | 1 semana atrás

    Abra o comércio bora trabalhar,se não vai aumentar e o número de suicídio fome latrocínio roubo desordem.não adianta estão aglomerando de qualquer forma.

    24 11 Responder

    piada - 1 semana atrás

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk cuidado com o burro

    4 6

  • . | 1 semana atrás

    A questão do comércio ter sido fechado, foi simplesmente por causa da falta de colaboração da população patense. quantas pessoas andando no centro sem necessidade? sem mascaras? apenas para passear e bater perna? se todos tivessem consciência, e respeitassem as novas leis poderia ter sido diferente. Está ai a prova de que tudo esta acontecendo para cada um de nós pensar no próximo.

    23 1 Responder

carregar mais comentários