Cemig faz campanha para evitar quedas no fornecimento de energia por causa de queimadas

Ao todo, foram cerca de 250 ocorrências de interrupção de energia.

publicado em 16/07/2019, por Maurício Rocha


Os prejuízos causados pelas queimadas são incalculáveis.

Os prejuízos causados pelas queimadas são incalculáveis. Ao destruir a vegetação, o fogo polui o meio, empobrece o solo e causa inúmeros transtornos. Um deles é a interrupção no fornecimento de energia elétrica. Levantamento realizado pela Cemig apontou que, apenas no ano passado, mais de 100 mil clientes tiveram o fornecimento de energia afetado por incêndios. Ao todo, foram cerca de 250 ocorrências de interrupção de energia.

De janeiro a maio deste ano, foram registradas 44 interrupções causadas pelo fogo na área de concessão da empresa, deixando 5,3 mil clientes sem energia elétrica, após incêndios atingirem a rede elétrica. E a expectativa é de que este número aumente nos próximos meses,  à medida que se reduz o volume de chuvas e diminui a umidade do ar.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

Para evitar e minimizar possíveis danos provocados pelo fogo, a Cemig lançou, este mês, a campanha de prevenção de queimadas próximas às linhas de transmissão “Queimadas: você pode evitar”. A Companhia também realiza ações preventivas, investindo na limpeza de faixas de servidão, com poda de árvores e arbustos e remoção da vegetação ao redor dos postes e torres. A companhia também realiza inspeções em suas linhas de transmissão.

As queimadas podem provocar danos aos postes e cabos condutores, sendo necessário substituir equipamentos, o que provoca a demora na religação dos circuitos atingidos. Além dos danos ao setor elétrico, as queimadas prejudicam a segurança dos motoristas, que têm a visibilidade das pistas comprometida e, no ambiente rural, reduzem a produtividade nas áreas de cultivo. Entre os problemas ambientais, vale destacar o impacto na fauna, já que queimadas florestais destroem o habitat natural e provocam a morte de animais.

De acordo com o engenheiro eletricista Demétrio Aguiar, da Cemig, a maioria dos incêndios continua sendo decorrente de práticas humanas imprudentes. A orientação é para que as pessoas evitem fazer queimadas e sempre que fizer uma fogueira em um acampamento, por exemplo, utilize água para apagar o fogo e evitar que as brasas sejam levadas pelo vento. E lembre-se fazer queimadas sem autorização é crime.

Autor: Maurício Rocha Postado em 16/07/2019
Compartilhe:

2 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Arqueiro verde e amarelo | 1 mês, 1 semana atrás

    Cemig a energia mais cara do Brasil e muito longe de ser a melhor .

    2 0 Responder

  • forasteiro | 1 mês, 1 semana atrás

    Queimada e um grande prejuizo tanto para o meio ambiente para os fazendeiros também com suas pastagem queimadas e cerca de arrame destruida.

    1 0 Responder