Carreta arrasta fiação, quebra postes de iluminação pública e deixa moradores sem energia

O trânsito no local teve que ser interditado e boa parte dos moradores, prestadores de serviços e comerciantes do lugar ficaram sem energia elétrica.

publicado em 30/07/2020, por Maurício Rocha


O incidente aconteceu por volta de 10h desta manhã.

Reportagem atualizada às 14h40 desta quinta-feira (30)

Uma carreta de transporte de animais arrastou a fiação e quebrou dois postes de iluminação pública na manhã desta quinta-feira (30) no bairro Planalto em Patos de Minas. O trânsito no local teve que ser interditado e boa parte dos moradores, prestadores de serviços e comerciantes do lugar ficaram sem energia elétrica.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

O incidente aconteceu por volta de 10h desta manhã. A carreta seguia pela avenida Randolfo Borges Mundim e fez a conversão à direita para a avenida José Soares Machado no bairro Planalto. A fiação estava mais baixa que a altura da carreta e acabou sendo arrastada. Os dois postes foram quebrados bem próximos ao solo e ficaram pendurados. 

A carreta ficou parada no meio da via. Os fios soltos fizeram com que a avenida Randolfo Borges Mundim fosse interditada. Técnicos de empresas que utilizam os postes para passarem com a fiação foram para o local fazer os reparos. O trabalho de substituição dos postes quebrados deve durar a tarde.

A altura da carreta que arrastou a fiação está dentro do limite estabelecido pela legislação de trânsito, que é de 4,70m. Segundo o condutor do veículo, a fiação no local é que estava baixa demais. O bairro Planalto possui diversas oficinas especializadas no conserto de carretas e caminhões. Pessoas que trabalham no local afirmaram que outros acidentes como este já ocorreram.

Eliana Raquel Caixeta Máximo, sócia-proprietária da Máximo Expresso Boiadeiro, entrou em contato com o Patos Hoje por volta das 14h30, e reforçou que o veículo está dentro da metragem correta, inclusive trafega rotineiramente pelo bairro Planalto e isso nunca teria acontecido. Ela destacou que o acidente só aconteceu porque a fiação é que estava abaixo do normal.

Imagens atualizado em 30/07/2020 • 16 fotos

Autor: Maurício Rocha Postado em 30/07/2020
Compartilhe:

15 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • QRA kbça | 1 semana, 3 dias atrás

    Quem sai com máquinas da Ditrasa ,Maqnelsom,Regional tratores e Redemaq também sofre além das fiações baixas também as árvores não são posadas, tendo q andar no meio da pista atrapalhando o trânsito !!!!!!

    0 0 Responder

  • Uai?! | 1 semana, 6 dias atrás

    Fica quase todo mundo metendo o pau na Cemig aqui sem o mínimo de conhecimento das normas seguidas pela mesma. Na rua onde ocorreu este acidente, a média tensão, aqueles três fios paralelos no topo estão no mínimo a 8,40m do solo (postes de 10 metros). Os cabos isolados (baixa tensão) estão a 7,2m do solo no mínimo. O problema é que abaixo da baixa tensão tem um emaranhado de cabos telefônicos e de fibra ótica que não sei se obedecem a altura mínima (estes cabos não são da Cemig). E nota-se que com o aumento da fibra ótica em Patos os postes estão recebendo um emaranhado de cabos que só podem trazer problemas, caso não haja um critério para sua instalação.

    2 1 Responder

  • Lindolfo vaz | 1 semana, 6 dias atrás

    Agora a cemig tem que cobrar e dessas empresas de lelefonia que coloca esses fios fora da regra.se fosse eu pagava nunca isso ai.

    18 0 Responder

    Motoboy - 1 semana, 5 dias atrás

    E vc axa 1 usar os poste é grátis kkkkk

    2 0

  • roberto | 1 semana, 6 dias atrás

    PELA LEGISLAÇÃO DE TRANSITO A ALTURA MÁXIMA É DE 4,40 METROS. A EMPRESA OU MOTORISTA É QUE SÃO IRRESPONSÁVEIS.

    4 37 Responder

    Sabe de nada. - 1 semana, 6 dias atrás

    A Deliberação nº 177 publicada no dia 12 de dezembro no Diário Oficial da União aumentou em 30 centímetros a altura máxima desse tipo de veículo usado no deslocamento e locomoção de animais vivos, também conhecido como caminhão boiadeiro.

    24 1

    Sabe de ND. - 1 semana, 6 dias atrás

    E caminhões cegonha podem chegar até 4,95, se passar nesses bairros levam a maioria da fiação e postes. Copasa e Cemig cada dia fazendo serviços mais porcos e quem paga a conta somos nós.

    21 0

    Bolsonaro - 1 semana, 6 dias atrás

    Altura ideal pra leva vc boi.

    5 0

  • US TOPEIRA | 1 semana, 6 dias atrás

    Essas fiações de Internet estão muito baixas. cadê a fiscalização da Cemig ?

    9 0 Responder

  • João | 1 semana, 6 dias atrás

    Aí ai ai tinha ser outro lado min n traballa aqui posto n cabou energia ñ

    3 2 Responder

    João Bolão - 1 semana, 6 dias atrás

    Preguiçoso

    4 0

    Uai?! - 1 semana, 5 dias atrás

    Não sei como é o funcionamento destas bombas hoje, mas antigamente, quando faltava energia o frentista desmontava a bomba, punha uma manivela e manualmente bombeava o combustível. Muito mais trabalho e não reclamavam.

    0 1

  • Tô nem aí... | 1 semana, 6 dias atrás

    Cemig não tá nem aí... é concessionária! O reparo vai ser pago com dinheiro do povo mesmo...

    4 0 Responder

  • João Bolão | 1 semana, 6 dias atrás

    Quem fiscaliza a altura das fiaçoes em Patos de Minas, pq direto ta acontecendo isso.

    2 0 Responder

  • Lei da física | 1 semana, 6 dias atrás

    Vamos fazer uma vaquinha e comprar um fita métrica para a Cemig. É um descaso com a legislação, tanto a Cemig quanto as operadoras de telefonia. Já não basta a Copasa! Esse é o nosso Brasil...!!!

    8 1 Responder