Campanha da Prefeitura de Patos de Minas quer estimular as pessoas a não darem esmola

Estão sendo distribuídos panfletos e orientações para os moradores

publicado em 19/07/2019, por Farley Rocha


A campanha mostra que a esmola não resolve o problema vivido pelas pessoas que vivem nas ruas.

A Prefeitura Municipal de Patos de Minas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, vem realizando ações dentro da campanha “Não dê esmola, dê cidadania”, com o objetivo de esclarecer a comunidade a respeito dos aspectos positivos de encaminhar as pessoas em situação de rua para o Centro de Referência de Assistência Social (Creas). Por meio dessa campanha, é colocado em evidência o fato de que a esmola não resolve o problema vivido pelas pessoas que vivem nas ruas. Além disso, são fornecidas aos cidadãos informações a respeito dos serviços desenvolvidos no município os quais são voltados para essas pessoas.

No último dia 12 de julho (sexta-feira), as ações da campanha "Não dê esmola, dê cidadania" estiveram centralizadas na Avenida Getúlio Vargas, na Rua Major Gote e no Mercado Municipal, no horário de 8 às 11 horas. As pessoas que passaram por esses locais e que estavam em comércios, nesse dia, receberam panfletos informativos e orientações sobre como ajudar aqueles que vivem em situação de rua. Essa é uma iniciativa que procura conscientizar a população a respeito da necessidade de ajudar tais pessoas por meio do tratamento adequado, o qual é oferecido pelo Creas.

A campanha é, portanto, de fundamental importância para articular a sociedade, impulsionando-a a participar efetivamente diante das situações de miséria, não por meio da conivência com determinadas situações, mas através da orientação e do estímulo às pessoas para que elas procurem ajuda capaz de transformar sua realidade.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

A coordenadora do Creas, Marcilúcia Barcelos, informou que atualmente há 16 pessoas em situação de rua em Patos de Minas, número que está dentro da média dos últimos tempos na cidade. Ela destacou que geralmente estas pessoas querem viver sem regras, ficando sem atitude, por isso é importante que não se dê esmola e os encaminhe para o Creas, para que elas se sintam desmotivadas a continuarem na rua. O Creas fica na Rua Dona Luiza, 840, Centro. O telefone é o 3822 9804.

Autor: Farley Rocha Postado em 19/07/2019
Compartilhe:

32 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Papo reto | 4 meses, 2 semanas atrás

    Vai caça um pau para subir, prefeito Vereador e um bando de rato isso sim , dinheiro e meu ,dou se quiser ,seus inúteis .

    0 2 Responder

  • Vitor | 4 meses, 2 semanas atrás

    Semana passada perguntei a um mendigo que fica perto da rodoviária quanto ele ganha por dia pedindo. Segundo ele, nos dias bons ele consegue ganhar 120 reais. Fiquem espertos galera!

    2 0 Responder

  • Cristão de verdade faz caridade! | 4 meses, 2 semanas atrás

    Empresários só pensam neles. A caridade faz parte do cristão verdadeiro. Dá nojo ver uma pessoa frequentar uma igreja e ser tão má.

    0 1 Responder

  • O bao | 4 meses, 2 semanas atrás

    Esmola dar vida aí traficantes, pois eles ganha ou gasta com drogas ou com pinga , mais mudando de assunto deveria encentivar as pessoas que o certo não poderia deixar mulher dirigir, eu acho erradissimo mulher, por isso está tendo muitos acidentes em patos, se continuar assim vou parar de dirigir

    3 17 Responder

  • Justiceiro | 4 meses, 2 semanas atrás

    Tem senhora pedindo esmola no centro de Patos para levar dinheiro para o filho na cadeia!!!!

    3 1 Responder

  • Max | 4 meses, 2 semanas atrás

    Acho que o idealizador dessa campanha mora em Greenville. Não conhece o município do qual é funcionário. Não há somente moradores de rua passando dificuldades. Há gente desempregada em situação de carência. Se esperar o município ajudar elas passarão necessidades. Quem puder ajudar com agasalhos, roupas, alimentação deve ajudar sim. Se quiser da esmola também não vejo como errado. Errado é passar por quem precisa e virar a cara porque o administrador público disse que é errado ajudar.

    12 9 Responder

  • Injuriado | 4 meses, 2 semanas atrás

    Gente esse pessoal aí não têm higiene alguma e de manhã la na beira da Lagoa aqueles que ficam levanta cedo com tanta gente fazendo caminhada os cara arranca da minhoca e estão mijando lá na frente de todo mundo tem que dar um jeito

    8 1 Responder

  • Ricardo | 4 meses, 2 semanas atrás

    E so corta gasto de salario de prefeito e vereadores ,que sobra dinheiro para alimentar todos os moradores de rua

    15 13 Responder

  • Dinheiro é meu | 4 meses, 2 semanas atrás

    Dinheiro é meu e eu faço o que eu quiser Prefeitura! Vai caçar o que fazer, e tem muito o que fazer ! Cidade precária em tudo.... só prefeito, vereador fazendo nada...e nós bancando....E ainda preocupados com o que devemos fazer com o Nosso Dinheiro...rsrs

    29 12 Responder

  • f | 4 meses, 2 semanas atrás

    se n tem serviço pra todo mundo , e não pode pedir , como não robar ?

    17 7 Responder

carregar mais comentários