Câmara instala CPI para apurar denúncias de irregularidades na Secretaria de Planejamento

Os nomes que farão parte da Comissão Parlamentar de Inquérito deverão ser indicados no prazo de cinco dias.

publicado em 06/02/2020, por Maurício Rocha


A reunião aconteceu na tarde desta quinta-feira (06).

Em reunião ordinária na tarde desta quinta-feira (06) os vereadores da Câmara Municipal de Patos de Minas instauraram uma CPI que vai investigar denúncias de irregularidades na liberação de alvarás na Secretaria Municipal de Planejamento. Os nomes que farão parte da Comissão Parlamentar de Inquérito deverão ser indicados no prazo de cinco dias.

O requerimento para a instalação da CPI foi assinado pelos vereadores Mauri Sérgio Rodrigues, David Antônio Sanches, João Bosco de Castro Borges, Walter Geraldo de Araújo e pelos próprios colegas de partido do prefeito José Eustáquio, Edmê Avelar e Otaviano Marques. O pedido de abertura da CPI foi feito com base em denúncias de um empresário da construção civil que teve um pedido de renovação de alvará de construção negado pelo secretário de planejamento Júlio Cézar de Castro Fonseca.

A abertura da CPI também considerou uma denúncia anônima que chegou à Câmara Municipal relatando a ocorrência de possível abuso de poder e prevaricação por parte do secretário municipal de planejamento, Júlio Cézar Fonseca. O denunciante anônimo alega que o titular da pasta vem perseguindo e humilhando todo o segmento relacionado a incorporação imobiliária e construção civil de Patos de Minas.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

Um pouco antes do anúncio da abertura da CPI, o próprio secretário de planejamento Júlio Cézar Fonseca esteve na Câmara Municipal prestando esclarecimentos sobre o processo de desapropriação de terrenos para a duplicação da avenida Marabá. Ele, o arquiteto da prefeitura Marcelo Ferreira e o engenheiro Rogério Borges Vieira explicaram os procedimentos que estão sendo adotados pela pasta e afirmaram que as decisões são tomadas dentro de critérios legais.

Com relação às denúncias que motivaram a abertura da CPI, o Executivo nega que haja qualquer irregularidade na pasta. O prefeito José Eustáquio não deu entrevista sobre o caso, mas deixou claro que não fez nenhum esforço para barrar a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito na Câmara Municipal por entender que não há irregularidade para ser investigada. 

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Patos de Minas, Vicente de Paula Souza, os líderes de partidos terão cinco dias para indicar os membros da comissão. Após esse prazo, se não houver indicação, o presidente do Legislativo fará a nomeação de ofício. Os membros da CPI terão 120 dias para concluir as investigações.

Imagens atualizado em 06/02/2020 • 11 fotos

Autor: Maurício Rocha Postado em 06/02/2020
Compartilhe:

28 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Será que vai | 2 semanas atrás

    Será que este vereadores tem condição de fazer uma cpi?

    11 1 Responder

  • Chico | 2 semanas atrás

    nois é nois vai nois foe.....esse é o alfabeto de quem assinou a abertura da CPI. Basta ver o vídeo que tá na matéria

    4 1 Responder

  • wander | 2 semanas atrás

    ESSE SECRETÁRIO DEVERIA TER SIDO EXONERADO

    7 3 Responder

  • wander | 2 semanas atrás

    ACHO QUE ESSES ... VÃO FAZER VISTAS GROSSAS. VAI DAR EM NADA E ESSE JÚLIO ... VAI CONTINUAR PEITANDO TODO MUNDO.

    2 4 Responder

  • Indignado | 2 semanas atrás

    Essis vereadores tem pelu menus o sigundo gral, pra intender o qui é uma CPI? Acho qui esse ano vou me candidatar.

    6 0 Responder

  • PATENSE COM ORGULHO | 2 semanas atrás

    Tem que abrir uma CPI é contra essa Câmara de vereadores contra esses 17 benditos vereadores e seus 60 abençoados assessores não vai sobrar um sem processo nas costas . O Ministério PÚBLICO tem que começar uma investigação urgente contra esses vereadores

    11 2 Responder

    Moacir - 2 semanas atrás

    "Respondendo ao "Engenheiro" Quem deve ser do ramo e entender muito deve ser você, daí o nome. Qto ao Júlio, se eu o estou defendendo é por convicção pois , ele sequer sabe quem sou. Não identifiquei. Simplesmente porque o conheço muito bem e detesto injustiça. O Júlio, aliás, nem sei porque se dispõe a continuar prestando um serviço tão desgastante como esse. Primeiro porque ele não precisa pois é totalmente realizado profissionalmente e financeiramente, além de não ter a mínima pretensão política.Por essas e outras é que é que acho que as pessoas deveriam primeiro se informarem pra não cometerem injustiça.

    11 1

  • Engenheiro | 2 semanas atrás

    Demorouuuu, quem mexe com construção civil sabe o tanto que esse Júlio César é gente que nao vale nada, o que ele mais faz é abuso de poder, quando vou na prefeitura tenho até pena das pessoas que trabalham com ele

    15 18 Responder

    Moacir - 2 semanas atrás

    Fui servidor com cargo de confiança por quatro anos junto com o referido secretário. Trata-se de uma das pessoas mais honesta, séria e competente que já entrou nessa prefeitura. As pessoas deveriam respeitarem mais, antes de saírem falando besteira. Com certeza você deve ter tido seus interesses (duvidosos) contrariados pela retidão na maneira de trabalhar do Júlio e sai por aí vomitando maldades.

    26 16

    Engenheiro - 2 semanas atrás

    Prezado Moacir, se olhar os comentários da publicação e do facebook, bem como as reclamações rotineiras se referindo secretário em questão vai ver que nao sou só eu que estou "vomitando maldades". Você deve entender muito de construção civil para defendê-lo. Já tinha que ser exonerado há muito tempo! Não perca seu tempo defendendo-o

    12 12

    D,OLHO - 2 semanas atrás

    A denúncia não foi prevaricação e abuso de autoridade .A denúncia anonima foi o pagamento de R$50.000,00 ( cinquenta mil reais ) para a pessoa do Sr JULIO CESAR para liberar um loteamento ,dinheiro este que foi pago em uma estrada próximo aqui a Patos de Minas, e que o dinheiro era para a campanha de Arnaldo Queiróz para as próximas eleições.queremos transparências .O brasil esta cheio de ladões .vamos passar isso a limpo ,e ferro nos culpados.

    9 4

  • Icha | 2 semanas atrás

    O problema é que se for montar uma CPI de todos os órgãos da prefeitura que rouba a cidade vai parar de tanta CPI que será montada.

    7 3 Responder

  • Mão Branca | 2 semanas atrás

    Que equipe, povo que luta pelo bem da cidade e de todos, patos está de parabéns, benzo a Deus.

    5 5 Responder

  • Brasília DF | 2 semanas atrás

    E os lotes sujos do Bairro Barreiro Rua 13 mato mais alto que as casas

    5 3 Responder

carregar mais comentários