Bolsonaro pede "sacrifício" dos militares na reforma da Previdência

O projeto de lei específico para o regime das Forças Armadas deve ser enviado ainda este mês ao Congresso.

publicado em 07/03/2019,

O presidente Jair Bolsonaro pediu hoje (7) o “sacrifício” dos militares para que apoiem a proposta de reforma da Previdência. O projeto de lei específico para o regime das Forças Armadas deve ser enviado ainda este mês ao Congresso para tramitar junto com a reforma do sistema previdenciário geral.

“Peço também o sacrifício porque entraremos, sim, na nova Previdência, que atingirá os militares. Mas não deixaremos de lado e não esqueceremos as especificidades do cargo de vocês. Temos um ministério firmado por pessoas comprometidas com o futuro do Brasil, que nos ajudam a conduzir essa grande nação”, disse.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Medic Imagem

O presidente participou hoje (7) da cerimônia comemorativa dos 211 anos do Corpo de Fuzileiros Navais, na Fortaleza de São José, na Ilha das Cobras, no Rio de Janeiro.

O governo quer aumentar o tempo de contribuição dos militares de 30 para 35 anos, assim como aumentar a alíquota única dos militares de 7,5% para 10,5%. A nova alíquota deve ser cobrada também no pagamento das pensões para dependentes de militares, benefício atualmente financiado exclusivamente pelo governo federal.

Um ponto relativo aos militares entrou na proposta de emenda à Constituição enviada no dia 20 de fevereiro ao Congresso. O governo quer que militares temporários – que ficam até oito anos nas Forças Armadas e não prosseguem na carreira militar – contribuam para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). De acordo com o governo, os temporários correspondem atualmente a 60% do contingente militar.

Amazônia

O presidente destacou ainda a intensa atuação das Forças Armadas na região amazônica. “Estive na Amazônia, fui recebido por 200 pessoas para conversar sobre essa área mais rica e tão deixada de lado, que é a nossa querida Amazônia brasileira. Vou conversar com o ministro da Defesa para ter uma retaguarda jurídica para que vocês possam bem exercer o seu trabalho, em especial nas missões extraordinárias”, disse.

O Corpo de Fuzileiros Navais é uma força integrante da Marinha do Brasil e atua na segurança de instalações e em ações sociais em todo o território nacional.

Fonte: Agência Brasil

Postado em 07/03/2019
Compartilhe:

5 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • reco | 1 semana, 5 dias atrás

    Engraçado (engraçado nada) é que para os militares ele PEDE sacrifício, para nós simples trabalhadores não se pede nada, se enfia goela abaixo e se achar ruim tome cassetete e nome de vagabundo!

    1 0 Responder

  • O Debochador | 1 semana, 5 dias atrás

    Aleluia ! O povo está começando acordar. Eles cometeram em 2 meses um rombo de 1 milhão e 100 mil Reais no Cartão Corporativo é um cartão que os presidente nem mexem nele. Notícias que durante a Transição era gente demais num vai e vem na casa do Bolsonaro e aquele filhos dele estão pensando que são filhos de Marajá. O Moro quer 2 bilhões e 200 milhões para abrir uma ONG. ISSO o povo não pode aceitar e o dinheiro ficar com o Deltan Dalagnol. Não podemos aceitar os eleitores do Bolsonaro tem que acordar e não permitir de jeito nenhum. DESAFORO.

    3 0 Responder

  • O Debochador | 1 semana, 5 dias atrás

    Estou com trauma do nome Bolsonaro e das palavras Reforma da Previdência. A proposta enviada não pode passar , vai matar velhos sem aposentar e que tenha contribuído com a Previdência. Um jovem começa a trabalhar aos 20 anos, trabalha pagando a a previdência por 40 anos que é o exigido para aposentar. Acontece que ele paga os 40 anos e ele com 60 anos não pode aposentar, porque a idade mínima é 65 anos. É muita putaria.

    4 0 Responder

  • Forasteiro | 1 semana, 5 dias atrás

    Este homem quando rouboe do partido de esquerda ele desce a lenha ..Quando é do lado dele ficar caladinho este cara não tem qualificação pra ser Presidente cara que carregar ódio no coração poder ser comandante de nação não ..Pra mim Mourao seu vice muito mais sensato e inteligente..Povo aí que é acabar com a previdência ...pra vender previdência privado para o povo..Cara que propoev

    4 0 Responder

  • Mateus | 1 semana, 6 dias atrás

    Sacrifício de quase todos, fui trouxa e votei nele. Agora faz todo mundo de palhaço e as pessoas parecem estar anestesiadas. É ministros envolvidos com corrupção, foi o vexame do fórum mundial econômico, é os filhos pensando que tmb são presidentes (como uma loucademia), é o caso lá do motorista expert em catira e em fazer fortuna, são os bilhões em anistia que Bolsonaro quer dar e que vão impactar na previdência (aí a culpa é dos assalariados), enfim... é muita merda. Ele deveria começar a governar e largar um pouco as rede sociais. Observem, a cada merda uma avalanche de coisas saem nas redes e mídias sociais para tirar o foco. Só não ver quem não quer.

    2 0 Responder