Publicado em 09/11/2018 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Bairro Planalto pode se tornar o 1° Polo Brasileiro de Oficinas Especializadas em Caminhões

A intenção é revitalizar e fazer com que o bairro Planalto se especialize em produtos e serviços para veículos pesados.

O Sindimetal - Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico – apresentou esta semana a identidade visual do Polo das Oficinas Especializadas em Caminhões – BR 365 – Patos de Minas. A intenção é revitalizar e fazer com que o bairro Planalto se especialize em produtos e serviços para veículos pesados. O presidente do Sindimetal, Lisandro de Queiroz Bicalho, destacou que o projeto irá promover uma transformação significativa no bairro. “Temos oficinas com as mais variadas competências técnicas e alta capacidade na prestação de serviços”, enfatizou.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

Durante o lançamento da identidade visual do polo, as analistas de tecnologia do SENAI Cecoteg do Sistema FIEMG, Angélica Ferraz e Cristiane Araújo apresentaram o Programa de Desenvolvimento Integrado do Setor de Oficinas de Patos de Minas. Segundo elas, foi feito um levantamento no Planalto e também em bairros vizinhos e detectou-se a existência de mais de 200 oficinas especializadas em manutenção preventiva e corretiva e implementos rodoviários para veículos pesados. “São oferecidas soluções completas, de qualidade reconhecida, além de uma infraestrutura pronta para receber os clientes, localizada próxima à BR 365”, salientou Angélica.

O objetivo do projeto é dar uma nova identidade visual ao bairro, de forma a comunicar a existência do polo de oficinas, aumentar a competitividade das empresas atraindo maior número de clientes e ampliar a qualidade de vida na estadia na região. “Por levantamentos do DNIT, há um tráfego na BR 365 de aproximadamente 3 mil veículos pesados, que podem se tornar clientes em potencial das nossas empresas”, informou o presidente Lisandro.

O Planejamento Estratégico pontuou as ações a serem desenvolvidas a curto, médio e longo prazo. Irá facilitar o acesso de micro, pequenas e médias empresas a programas de gestão empresarial, mercado, processo e produtos, por meio de capacitações específicas e técnicas e, ainda, acesso a linhas de financiamento visando ao seu fortalecimento no mercado interno e acesso ao externo. “A proposta é transformar o projeto em um APL – Arranjo Produtivo Local e com isso, conquistar ainda mais benefícios para as empresas”, reforçou Lisandro.

Imagens atualizado em 09/11/2018 • 4 fotos

Autor: Maurício Rocha Postado em 09/11/2018
Compartilhe:

6 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • OBSERVADOR | 1 semana, 2 dias atrás

    O presidente desta entidade é um batalhador, não sei classificar se por oportunismo ou amor a cidade o qual desejo pensar que sim....Todas entidades em benefício ou desenvolvimento do município ele está presente na Diretoria, Presidência, assessoria e até como colaborador. A única observação que faço e pro bem e que boa vontade ele Tem, mas acho que grupos, sociedade, empreendedores não o acompanha e incentiva. Ele faz parte de Tudo, conhece nosso estado, pais e até exterior representando entidades e buscando inovações para Patos, mas não vinga seus conhecimentos. Ele junto ao CDL, Acipatos, Adesp, Sesi, Senai, Unipam e tantas outras entidades onde passou ou é conselheiro não consegue junto a Administração resolver o principal porta de entrada do progresso a Patos de Minas que se chama AEROPORTO. Vejo a cidade vizinha de Patrocínio se destacando em dois anos o que não o fez em 20 anos, da mesma forma no passado o que Arlindo Porto fez por Patos em 04 o que não fizeram em 15 anos. Patrocínio vai conseguir voos regionais com empresas de renome primeiro que nos...isso é vexatório...

    5 2 Responder

    Observador 1 - 1 semana, 2 dias atrás

    É muito fácil se ter boas ideias com o dinheiro dos outros.

    4 3

  • pecinha | 1 semana, 2 dias atrás

    Entao no paulistano tb deveria virar um polo de ferros velhos.

    5 0 Responder

    não senhor - 1 semana, 2 dias atrás

    não 1 º polo das ..... kkkkk

    0 7

  • Gato por Lebre | 1 semana, 2 dias atrás

    1° Polo Brasileiro de Oficinas Especializadas em Caminhões. Nem tanto né batista, nem tanto...!

    6 3 Responder

  • Leo | 1 semana, 2 dias atrás

    Primeiro passo é a cidade e seus órgãos de representatividade investir maciçamente em inteligência e se tornar parceira dos órgão de segurança e estancar um nódulo que vai tomando conta daqui que é ser destino final de veículos pesados roubados. Impressionante o tanto que os rastreadores destes veículos indicam estarem em Patos ou na rota da cidade. Traria seriedade e confiança a todos. Que a cidade é um polo isto não se discute.

    10 0 Responder