Publicado em 10/11/2018 por Farley Rocha
Compartilhe:

Após briga familiar, homem é esfaqueado em Patos de Minas e parentes são detidas

A vítima já possui passagens policiais e chegou em casa agressivo.

A Polícia Militar levou duas mulheres para a delegacia. 

Reportagem atualizada às 12h50 desta quarta-feira (14/12) para inserir a versão de uma das envolvidas

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

A Polícia Militar levou para a delegacia neste sábado (10) duas mulheres acusadas de se envolverem no esfaqueamento de um homem de 43 anos. O crime teria acontecido após uma briga familiar. Reginaldo dos Reis e Silva, que foi levado para o Hospital Regional com duas perfurações graves, teria chegado em casa bastante agressivo o que causou a briga.

O crime aconteceu por volta das 17h00 na Rua Emídio de Souza, no Bairro Nossa Senhora das Graças. De acordo com o Cabo Eduardo, a vítima, que possui envolvimento com droga e outras passagens policiais, relatou que as familiares de 38 e 39 anos o seguraram enquanto outro indivíduo o esfaqueou.

O SAMU foi até o local e prestou os primeiros socorros à vítima. Reginaldo foi levado para o Hospital Regional com um ferimento no hemitórax esquerdo, que pode ter atingido o pulmão, e outro no abdômen. Ele foi encaminhado para o bloco cirúrgico, e de acordo com o médico Dr. Ferdinando, em estado considerado grave. Ele perdeu muito sangue e chegou a ter choque hipovolêmico.

De acordo com o policial, as envolvidas são tia e irmã de Reginaldo. Elas foram conduzidas até a delegacia para demais providências e os rastreamentos continuam para prender o terceiro envolvido na tentativa de homicídio. A arma usada para esfaquear Reginaldo não foi localizada. Após serem ouvidas pela autoridade policial, as envolvidas foram liberadas. 

Nessa terça-feira (13/11), uma das envolvidas entrou em contato com o Patos Hoje por telefone e encaminhou um email relatando que de forma alguma segurou Reginaldo para que ele fosse esfaqueado. Segundo a familiar, ele estava bastante drogado e agressivo e chegou a arremessar uma cadeira contra as pessoas que estavam na casa. Ela afirmou que foi ele ainda quem se armou com uma faca, momento que ocorreu uma briga generalizada. Segundo ela, tentaram separar a briga. O acusado de esfaquear Reginaldo também prestou depoimento na delegacia e foi liberado.

Imagens atualizado em 10/11/2018 • 23 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 10/11/2018
Compartilhe:

47 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Dona nita | 3 dias, 14 horas atrás

    Que eu saiba elas não foram presas apenas prestaram depoimento sobre o acontecido jornal tem que trabalhar e publicar a verdade dos fatos.

    2 0 Responder

  • Família justino | 3 dias, 14 horas atrás

    Muito triste essa situação onde a família não tem sossego por causa da tal droga.bolsonaro neles.

    5 1 Responder

  • Sogra dela | 5 dias, 8 horas atrás

    Esse jornal tem que ser processado sou advogada esse fato não tem nada a ver com depoimento do delegado denegrindo a imagem dessas jovens honestas.

    2 3 Responder

    Alternativa - 4 dias, 16 horas atrás

    Uuuuuuui falô advogada

    8 1

    Lulu - 3 dias, 9 horas atrás

    A pessoa quanto não presta e asim mesmo. Fica jogando a culpa nos outro e tira ...

    2 0

  • Cátia Mendonça | 5 dias, 8 horas atrás

    Ele é meu primo mesmo sabendo que ele é um assassino e noivado defendo pois sou igualzinho a ele.

    4 1 Responder

  • dona mercia | 6 dias, 4 horas atrás

    descobri quem e a vizinha palpiteira que teve pena do santo, maior vagabunda que tem na rua dando palpites se liga

    2 1 Responder

    Lulu - 4 dias, 3 horas atrás

    Dou palpite mesmo vc não paga as contas aqui di casa, do palpite pitaco, ponho o rodo a vassoura tudo. Pelo menos não dou goupe.

    3 2

  • Ze do Mato | 1 semana atrás

    Os que estão com peninha dele, pega e leva pra casa!Somente quem convive la sabe oq passam por causa dele! ninguem dessa familia e obrigado a ficar oprimido por um noia desse! Pessoas trabalhadoras que sempre buscam fazer o bem! Até que enfim um criou coragem e cortou a juba do Leão! Mas pena que ele ta bem, ja está no quarto de observação! Aguardando a liberação pra ir procurar mais briga em casa!

    7 4 Responder

  • Madonna | 1 semana atrás

    Essas moças são de boa índole não tem passagem pela polícia tentaramanhã separar uma briga e ainda saíram de mal na história e o vagabundo qUE as atacou quebrando tudo em casa e que tem razão. Parece que a polícia pelo que estou vendo tá defendendo o bandido que as atacou cruelmente e muito triste isso

    11 4 Responder

  • Décio Pinto | 1 semana atrás

    dá próxima vez pegue uma peixeira de pelo menos 30 cm de lâmina.

    8 1 Responder

  • Observador | 1 semana atrás

    Quando apreender uma certa quantidade de maconha, tem que misturar istrecnina e distribuir nas bocas. Vamos eliminar esses maconheiros sem vergonhas.

    10 2 Responder

  • Observador | 1 semana atrás

    Temos que implantar pena de morte para maconheiros.

    19 9 Responder

carregar mais comentários