349669 2216 Ok
Banner Unipam 2017 - Institucional
Publicado em 24/10/2017
Compartilhe:

Aneel reajusta bandeira vermelha; taxa extra na conta de luz pode subir 43%

A proposta será submetida à consulta pública, podendo sofrer mudanças.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (24) uma proposta de reajuste de quase 43% sobre o atual valor da bandeira tarifária vermelha patamar 2, a mais cara do sistema, cobrada sempre que as usinas térmicas mais onerosas precisam ser mantidas ativas para suprir a alta demanda de consumo de energia.

A proposta será submetida à consulta pública, podendo sofrer mudanças. Se o reajuste for aprovado, quando a bandeira vermelha patamar 2 for acionada, os consumidores deixarão de pagar os atuais R$ 3,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) e passarão a pagar R$ 5 de taxa extra, já a partir de novembro.

A agência também sugeriu alteração da bandeira tarifária amarela, que poderá ficar 50% mais barata, passando de R$ 2 para R$ 1 de cobrança extra a cada 100 kWh. A bandeira amarela é a primeira da escala de cobrança adicional na conta de luz.

Segundo a Aneel, o objetivo da medida é reajustar os valores que as distribuidoras cobram dos consumidores para custear a compra de energia elétrica – custos que aumentam sempre que as usinas térmicas precisam ser acionadas para suprir o mercado consumidor, devido ao baixo nível de água nos reservatórios das hidrelétricas, que são a principal fonte de abastecimento no setor elétrico brasileiro.

A bandeira vermelha patamar 2, a mais cara do sistema, foi acionada no início deste mês pela primeira vez desde que a bandeira vermelha foi desmembrada em duas, em janeiro de 2016. No mês passado, estava em vigor a bandeira amarela.

O acionamento da bandeira vermelha 2 foi adotado devido à baixa vazão das usinas hidrelétricas, já que as chuvas em setembro ficaram abaixo da média.

Nesta sexta-feira (27), a Aneel divulgará a bandeira tarifária que estará em vigor em novembro.

Fonte: Agência Brasil 

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Postado em 24/10/2017
Compartilhe:

8 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Gloria Freitas | 4 semanas atrás

    Tem que rouba pra todo lado,credo,,,

    1 0 Responder

  • Erlim | 4 semanas, 1 dia atrás

    Abaixa a bandeira amarela pq sabe que a maioria da população não consegue ter ela em seu talão economizo bastante e pago sempre a vermelha.safadeza pura

    0 0 Responder

  • Rafaela Oliveira | 1 mês atrás

    Absurdo isso. Meu talão que vinha de $80 agora veio de $100

    1 0 Responder

  • Fatima Lisboa | 1 mês atrás

    Onde vamos parar senhor Jesus. Arrebata estes bandos de corruptos. Por favor!!!

    1 0 Responder

  • Sih | 1 mês atrás

    Têm outros meios de adquirir energia solar e eólica...povo burro...

    0 0 Responder

  • Wilma Furtado | 1 mês atrás

    Companhia sem lei...afffff

    1 0 Responder

  • Stfane Rais | 1 mês atrás

    Isso e a roubalheira do capeta...E o salário só pititinho

    3 0 Responder

  • Márcio Rodrigues | 1 mês atrás

    CEMIG, ANEEL, tudo bando de safados

    4 0 Responder

  • Carlos Souza | 1 mês atrás

    lá vem o pato

    2 0 Responder