Publicado em 06/03/2018
Compartilhe:

Aneel propõe reajuste médio de 25,87% nas tarifas da Cemig

Proposta ficará aberta em audiência pública entre os dias 7 de março e 21 de abril, com reunião presencial em Belo Horizonte, no dia 28 de março

Aneel propõe reajuste médio de 25,87% nas tarifas da Cemig
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs nesta terça-feira, 6, um reajuste médio de 25,87% nas tarifas da Cemig-D. Para consumidores conectados à alta tensão, o aumento seria de 34,41%, e para a baixa tensão, a alta seria de 22,73%.

A proposta diz respeito ao quarto ciclo de revisão tarifária da Cemig, processo que é feito de quatro em quatro anos com o objetivo de manter o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos de concessão.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Medic Imagem

Todos os itens que compõem a tarifa aumentaram. Na proposta, relatada pelo diretor Tiago de Barros Correia, os encargos setoriais, que bancam subsídios do setor elétrico, tiveram peso de 4 pontos porcentuais. O custo de compra da energia teve impacto de 2,71 pontos porcentuais.

O custo de transmissão teve impacto de 1,38 ponto porcentual. E o custo de distribuição, representado pela parcela B, teve peso de 4,60 pontos porcentuais. Para este caso, a Aneel usou o WACC vigente, de 8,09%. Juntos, esses itens explicam 12,69 pontos porcentuais.

A outra metade do reajuste proposto diz respeito a componentes financeiros, que, embora elevados, têm efeito de um ano. O diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, reconheceu que o índice proposto é alto. "Isso reforça a nossa encomenda para melhorar o processo tarifário para evitar, na medida do possível, essa volatilidade no comportamento da tarifa", afirmou.

Rufino lembrou que, no ano passado, o reajuste da Cemig resultou numa pequena redução tarifária, justamente em razão de efeitos financeiros. "Então, se conseguirmos colocar algo mais próximo do real na parcela A, conseguiremos mais estabilidade na tarifa, que é o desejado."

A proposta ficará aberta em audiência pública entre os dias 7 de março e 21 de abril, com reunião presencial em Belo Horizonte (MG), no dia 28 de março.

A Cemig-D atende a 8,2 milhões de unidades consumidoras em 774 municípios de Minas Gerais.

Fonte: O Tempo

Postado em 06/03/2018
Compartilhe:

10 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Pirilampo | 9 meses, 1 semana atrás

    Não vão é escutar essa balela de "gato" isso é mentira, a grande maioria paga sua conta de energia, o que estão fazendo é tentar justificar o injustificável. Se a inflação foi a menor dos últimos 10 anos como vão cobrar 25% de uma tacada só? Isso nunca devia existir, isso é abuso contra o consumidor. Essa Aneel tinha que ir pra cadeia com todos os seus diretores e presidentes, esse bando de ladrões. Aumento salarial: 4%, aumento de energia 25%? Quê isso gente? Maria Antonieta foi guilhotinada por muito menos, brasileiro tem sangue de barata.

    5 0 Responder

  • Critico | 9 meses, 1 semana atrás

    Tem muito ex funcionários de empreiteira e da Cemig que estão com raiva e sabem executar o serviço ???????????????????????? desta ???????????? cia.

    0 0 Responder

  • Gato...???????????? | 9 meses, 1 semana atrás

    Se todos consumidores perceberem, nos pagamos a conta das favelas, conjuntos habitacionais de grandes centros onde o número de gatos na energia e imenso, e pra Cia Energética não ir enfrentar e mais fácil ratear a conta com todos. Já que pagamos, vamos aderir também, pois tem inúmeras mansões aqui na city que possuem, chácaras, e etc...se subir este valor pode ter certeza que Gato vai subir o padrão.....

    5 0 Responder

  • TED | 9 meses, 1 semana atrás

    Essa Cemig nem de Minas é mais mas não adianta os gringos arrancam nosso escalpo, assim como os malvados que se dizem nossos representantes. Se a população quiser poderão ter uma surpresa em outubro. Quem sabe...

    1 1 Responder

  • Bart Simpson | 9 meses, 1 semana atrás

    O q adianta dar uma trégua na cobrança de tratamento de esgoto da Copasa ai vem a Aneel pah. Falam em geral q horário de verão reduz o gasto de luz um trem assim do q adianta pois vc passa e o sol tá rachando e tem algumas luzes acessas ainda nos postes. Será q vai dar algum desconto quando acabar a luz?, vão avisar tb quais bairros eram ficar sem energia? Ah tá duvido muito. Tá difícil viu.

    7 0 Responder

  • sniper | 9 meses, 1 semana atrás

    As eleições estão ai , não se esqueçam , vamos cobrar .Ou fazer gato.

    12 2 Responder

  • Revoltado | 9 meses, 1 semana atrás

    É uma desgraça uma situação dessas, ser refem dessa situação quando não existe ninguém pra nos defender. Na hora de pedir votos esses infelizes nos procuram. Vai pro inferno.

    13 0 Responder

  • Gatao | 9 meses, 1 semana atrás

    Se subir isso tudo mesmo os números de gato na rede vai subir também . Fica a dica Cemig.

    12 0 Responder

  • Patense | 9 meses, 1 semana atrás

    O salário sobe menos de 2% e só a conta de luz sobe isso tudo meu DEUS.

    21 0 Responder

  • Guiness | 9 meses, 1 semana atrás

    Quer bater recorde de tarifa mais cara do mundo! Credo uai!!!

    20 0 Responder

carregar mais comentários