349669 2216 Ok
Banner CNA - TOPO
Publicado em 03/11/2016
Compartilhe:

Adiamento de sessão que votaria redução dos salários dos vereadores deixa moradores de Guimarânia revoltados

A mobilização recebeu em menos de 3 dias mais de 700 assinaturas.

Diversas pessoas foram para a porta da Câmara Municipal.

Os moradores de Guimarânia não estão nada satisfeitos com os vereadores da cidade. Eles argumentam que, no mês de abril deste ano, eles aprovaram em uma reunião às escondidas, o aumento dos salários de prefeito para R$15.000,00, do vice para R$7.500,00, dos secretários e dos próprios vereadores para R$4.300,00, mesmo depois do projeto ter sido vetado pela prefeita municipal, que alegou que o município não teria condições de pagar salários tão altos, e que esse aumento acarretaria prejuízo à população.

O reajuste teria ficado parado até depois das eleições, mas na semana passada, veio ao conhecimento da população o reajuste dos salários. Revoltados, os moradores fizeram um projeto de lei de iniciativa popular, que reduziria os salários de prefeito, vice e secretários para os valores atuais, e reduzia os salários dos vereadores para 1 salário mínimo.

A mobilização recebeu em menos de 3 dias mais de 700 assinaturas, mais do dobro do necessário para levar o projeto a apreciação dos vereadores na reunião da noite de terça feira (01/11). O povo foi convocado para comparecer em massa e pressionar os vereadores a aprovar o projeto. Porém, a reunião acabou sendo adiada. Os vereadores alegaram que vinham sofrendo ameaças da população.

Diversas pessoas foram para a porta da Câmara Municipal, no entanto tudo estava fechado. Um registro de ocorrência feito pela Polícia Militar foi afixado na parede da frente do prédio. Contudo, as pessoas que foram até o local se mantiveram reunidos e fizeram um manifesto convocando a população para comparecer na próxima reunião dos vereadores.

Autor: Farley Rocha

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Postado em 03/11/2016
Compartilhe:

0 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • PATENSES HIPÓCRITAS !!! | 10 meses, 2 semanas atrás

    PATENSES HIPÓCRITAS !!! VÁRIAS PESSOAS TENTARAM FAZER A CAMPANHA PARA BAIXAR OS SALÁRIOS DOS VEREADORES DE PATOS, MAS OS PATENSES QUE SE ACHAM ESPERTOS NÃO APOIARAM. AGORA FICAM DIVULGANDO O QUE O PESSOAL DE GUIMARÂNIA FAZ, POIS ELES SÃO CORAJOSOS E NÃO ACEITAM SALÁRIOS ABUSIVOS. PATENSES IDIOTAS

    0 0 Responder

  • Absurdo | 10 meses, 3 semanas atrás

    Cidade de seis mil habitantes com salários astronômico! UM ABSURDO!

    4 0 Responder

  • BISPO | 10 meses, 3 semanas atrás

    Parabéns à população Guimaranense! Não parem de lutar! Vocês são um exemplo a ser seguido por Patos e Patrocínio!. :+1: :+1:

    11 0 Responder

  • marta | 10 meses, 3 semanas atrás

    É isso mesmo, o povo parece que está acordando, é preciso sim da participação da população nas decisões dos projetos feitos por câmaras, se eles trabalham para o povo é necessário que o povo tbém opine, aumentar os salários dos políticos pode, mas pagar o trabalhador não tem dinheiro, até quando vai essas condições, gente um vereador que todos sabemos que tem, mal sabe ler e escrever, vai saber interpretar um projeto de lei pensa em que situação a gente tem que viver dentro do meio político. Qual profissional com formação superior e etc. tem esse salário?? No caso do político em muitos casos só ocupa o cargo e mais nada.

    10 0 Responder