349669 2216 Ok
Banner CNA - TOPO
Publicado em 19/09/2017 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Acidentes de trânsito têm queda em Patos de Minas, mas números ainda são preocupantes

De janeiro a agosto de 2017, a Polícia Militar registrou 929 acidentes de trânsito com vítimas de ferimentos.

Um motociclista morreu ao bater na traseira de um veículo na JK.

Balanço dos acidentes de trânsito feito pela Polícia Militar a pedido do Patos Hoje mostra uma redução importante no número de acidentes nos oito primeiros meses deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Mesmo assim os dados são preocupantes e mostram um desrespeito por parte dos condutores.

De janeiro a agosto de 2017, a Polícia Militar registrou 929 acidentes de trânsito com vítimas de ferimentos. Este número representa uma redução de 3% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 957 acidentes com vítimas de ferimentos. Esses dados são referentes ao perímetro urbano, que é atendido pela Polícia Militar.

Com relação ao número de acidentes sem vítimas de ferimentos, a redução no período de janeiro a agosto deste ano foi ainda maior. A Polícia Militar registrou 795 acidentes sem vítimas em 2017 contra 943 acidentes do mesmo período do ano passado, o que representa uma redução de 16%.

De qualquer forma, os números ainda preocupam. Incluindo todos os tipos de acidentes, foram registrados 1.724 batidas, uma média superior a sete acidentes de trânsito por dia em Patos de Minas. E o que é pior, o trânsito continua tirando vidas. Foram seis mortes de motociclistas só nos últimos meses.

No dia 18 de julho, um motociclista de 45 anos morreu ao bater na traseira de um veículo no início na Avenida JK.  Alguns dias, uma jovem grávida de seis meses bateu em um carro no Bairro Planalto e teve trauma. Ela foi mantida em aparelhos e o bebê nasceu, mas a jovem morreu poucos dias depois.

Em junho, um motociclista de 29 anos morreu depois de bater violentamente contra uma lixeira na Avenida Paracatu. Ele voltava do trabalho. Também no mês de junho, um jovem de 22 anos, inabilitado, morreu ao bater de frente com um carro na Rua São Geraldo. No mês de março, uma jovem motociclista de 26 anos também morreu dias depois de bater em uma caminhonete no cruzamento da Rua Rui Barbosa com a Joaquim das Chagas. Por último, um jovem de 21 anos morreu depois de bater em um carro na Rua das Petúnias, no centro de Patos de Minas.

O grande número de mortes serve de alerta, principalmente para os motociclistas. A Semana Nacional do Trânsito, aberta nessa segunda-feira (19) em Patos de Minas, é uma tentativa de fazer com que os condutores de veículos sejam mais tolerantes e prudentes no trânsito, um comportamento que pode salvar vidas.

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Autor: Maurício Rocha Postado em 19/09/2017
Compartilhe:

8 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • PENSATIVO | 1 mês atrás

    REDUZIO POR CAUSA DA CHUVA... DEIXA VOLTAR A CHOVER PRA VCS VEREM ESSE NUMERO CRESCER FALTA FISCALIZAÇÃO... DEVE TER UNS 8 ANOS QUE NÃO SOU PARADO EM UMA BLITS AQUI EM PATOS

    2 1 Responder

  • fALEI! | 1 mês atrás

    Engraçado, fico observando este transito tão violento em Pato de Minas e não consigo entender o por que de tantas vitimas. Patos é o lugar do estado de Minas Gerais considerado mais difícil e o mais caro para tirar carteira de habilitação. Dados recentes mostram que de cada 100 candidatos, 70 são reprovado ,e dos 30 que são aprovados 20 é por QI ( quem te indica) número alarmante.O que mais chama a atenção, é que os acidentes, em grande parte, são causados por condutores com experiencia e em alguns casos, por irresponsáveis inabilitados. Então, deixo aqui uma pergunta : se os acidentes em grande parte são causados por motoristas com experiencia ,porque será que quem está no processo para tirar a tão sonhada CARTEIRA NACIONAL DE HABILITAÇÃO dificilmente consegue realizar seu sonho? Será que não existe uma máfia entre EXAMINADORES e AUTO ESCOLAS? Fico na dúvida. :eyes: :vertical_traffic_light:

    3 1 Responder

  • Incompetentes do CSU | 1 mês atrás

    Deveríamos ter mais fiscalização no trânsito para evitar tantos acidentes. Tomara que a PM faça valer sua credibilidade no setor de trânsito em Patos de Minas, ao contrário dos INCOMPETENTES que devolveram de mão beijada as instalações do CSU.

    6 0 Responder

  • Marcos Ferreira X-9 1 mês atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

    Vamos andar de Fusca - 1 mês atrás

    Uma solução seria todo mundo andar de fusca. Não corre, quebra toda hora e ninguém cobiça. Enfim, não dá trabalho pra ninguém.

    4 1

  • Patense | 1 mês atrás

    Em Patos o povo não sabe dirigir e a secretaria de trânsito, se é que ela existe, não faz nada. As avenidas de fluxo rápido como a Fátima Porto já ta cheia de semáforo, fora o asfalto e o estacionamento, que deixa a via em fila indiana. Semáforos totalmente dessincronizados para enervar o motorista. Vereador põe semáforo onde quer. É uma das cidades mais lentas que eu conheço, não tem planejamento, cheio de ruas estreitas de mão dupla, transito confuso, rua mão e contramão dependendo do trecho, quarteirões pequenos e a responsabilidade é sempre jogada em cima do motorista, que é ruim de roda mesmo. Mas, autoridades, vamos agir também.

    20 2 Responder

    euaquidinovo - 1 mês atrás

    Concordo, e sempre digo, pior cidade do pais para dirigir é Patos de Minas, povo ruim de volante, anda devagar na faixa da esquerda, não usam setas, motoqueiros de chinelos, viseiras abertas, escapamentos com um rombo pra fazer barulho, cidade sem lei, prova disso é as mudanças em rotatorias e la na frente dos condominios terra nova, povo nao respeita nada faz famoso gato em qualquer canto entra em contramão, o dia que colocar guarda de transito nessa cidade ai sim vai começar a resolver.

    17 1

    israel - 1 mês atrás

    Guarda de transito? Vira essa boca pra la! Precisamos e de policia preparada!

    0 8